quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

AVENIDAS - RELACIONADAS COM O BRASIL NA TOPONÍMIA DE LISBOA [I]

AVENIDAS - Avenida do Brasil - (2003) - Fotógrafo não identificado (Entrada na Av. do Brasil lado esquerdo quem vem do Campo Grande) in campogrande.do.sapo.pt/avbrasil01.htm
AVENIDAS - Avenida do Brasil - (2003) - Fotógrafo não identificado in campogrande.do.sapo.pt/avbrasilo1.htm

AVENIDAS - Avenida de Brasília - (2005) - Foto de Carlos Augusto Magalhães (Av. de Brasília no lado esquerdo da linha do Estoril, à direita a Av. da Índia) in www.skyscrapercity.com/


AVENIDAS - Avenida de Brasília - (2005) - Foto de Carlos Augusto Magalhães ( Av. de Brasília no espaço paralelo com o espelho de água em Belém) in www.skyscrapercity.com/

«AVENIDAS (1)»
As placas toponímicas em que o Brasil está representado, de forma mais ou menos directa, espalham-se por pouco mais de dúzia e meia (precisamente dezanove) nas freguesias de Lisboa.
E queremos, com esta nossa preferência, homenagear o povo brasileiro, lembrando algumas personalidades relevantes e cidades do Brasil, através das artérias na urbe de Lisboa, que traduz na sua toponímia uma parte apreciável das ligações que temos com o Brasil.
Certamente que faltarão até alguns nomes considerados fundamentais, mas, mesmo sem nos ser pedido ou passado qualquer procuração da cidade para tal, acreditamos que pode Lisboa apresentar condições atenuantes. Em princípio, terá a ver com o tamanho da realidade de que falamos. Para nós que não conhecemos o Brasil, talvez só tenhamos ideia daquela vastidão sul-americana pela pragmática circunstância de olharmos para o mapa e verificarmos que o Brasil ocupa lá muito espaço.
Mas nem só de extensão territorial se poderá falar. Falamos de um país para onde exportámos algo das nossas maneiras de ser e estar, cultivadas neste pedaço de terra à beira mar plantado.
AVENIDA DO BRASIL (1948)
Pertence às freguesias de «SÃO JOÃO DE BRITO» e «CAMPO GRANDE». Tem o seu início no jardim do Campo Grande e termina na Praça do Aeroporto (Relógio).
Sinopse da sua história: Era a Avenida do Parque passando depois a Avenida Alferes Malheiro e actualmente Avenida do Brasil, foi um topónimo atribuído por Edital Municipal de 23 de Dezembro de 1948. Repare-se que ao repor os antigos topónimos de Largo do Rato e Praça do Príncipe Real, houve necessidade de encontrar novas localizações para os arruamentos consagrados respectivamente ao Brasil e ao Rio de Janeiro.
No fundo, tratou-se de mudar de local a evocação do Brasil na toponímia da cidade que, pelo seu Edital Municipal de 05/11/1910, designou o topónimo Praça do Brasil ao arruamento antes designado Largo do Rato - atribuído em "homenagem ao grande País nosso amigo e irmão e à passagem do Presidente Hermes da Fonseca, no início de Outubro, por esta capital". (1)

AVENIDA DE BRASÍLIA (1960)

Pertence às freguesias de «ALCÂNTARA», «SÃO PAULO» e «SANTA MARIA DE BELÉM». Começa no Jardim Roque Gameiro (Cais do Sodré) e termina junto à Avenida da Torre de Belém.

Era a Via pública a Sul, do Caminho-de-Ferro, paralela à Avenida da Índia, entre a passagem de nível de Alcântara-Mar, a Norte da Gare Marítima e a Avenida da Torre de Belém. (Podemos acrescentar que esta Avenida tem a sua continuação até ao Jardim Roque Gameiro no Cais do Sodré).

BRASÍLIA, cidade brasileira, capital do Brasil e do Distrito Federal, foi inaugurada em 21 de Abril de 1960, após ter sido construída em 41 meses segundo o plano de Lúcio Costa e executado por Óscar Niemeyer.(1)

(1) - Divisão de Alvará, Escrivania e Toponímia da Câmara Municipal de Lisboa.

(CONTINUA) - (PRÓXIMO) «AVENIDAS (2)»«AV. ÁLVARES CABRAL - AV. PADRE MANUEL DA NÓBREGA - AV. SANTOS DUMONT - AV. RIO DE JANEIRO»



2 comentários:

popelina disse...

Querido APS,

Que bom esta série de Avenidas, todas me dizem qualquer coisa. A do Brasil, por onde passo todos os dias, a de Roma, que não está ali, a Álvares Cabral, a de Brasilia (é isso, não é? de que desconhecia o nome!) e por onde passo tantas vezes.
um grande beijinho e um imenso obrigada.

Cabovisão disse...

A Cabovisão está a promover uma nova rubrica do Canal V! onde os clientes podem ser “Repórteres por um dia” do local onde moram.
É muito fácil! Vá à página do Canal V! no site da Cabovisão e saiba como participar. A sua localidade agradece!

Canal V! da Cabovisão