quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA [VIII]

Campo dos Mártires da Pátria - (Ant. 1891) - Fotografo não identificado (Panorama do Desterro e do Campo de Santana tirada da Senhora do Monte. No canto superior esquerdo o corpo a negro trata-se da Praça de Touros do Campo de Santana) in AFML
Campo dos Mártires da Pátria - (s/d) - Gravura do espólio de Eduardo Portugal (Praça de Touros do Campo de Santana) in AFML

Campo dos Mártires da Pátria - (1856-1858) (Atlas da Carta topográfica de Lisboa - sob a direcção de Filipe Folque ) (Planta Nº 28 ) (Campo de Santana, vendo-se na parte Sul o recinto da Praça de Touros, depois ocupado pela Escola Médica) in CML - Departamento de Património Cultural - Arquivo Municipal de Lisboa
(CONTINUAÇÃO)
CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA [ VIII ]
«PRAÇA DE TOUROS DO CAMPO DE SANTANA-(1831-1891)»
No local onde se situa a «ESCOLA MÉDICA» existiu a «PRAÇA DE TOUROS DO CAMPO DE SANTANA», inaugurada a 3 de Julho de 1831.
Pela localização privilegiada que dispunha o sítio, com o «CASTELO DE S. JORGE» a nascente e vista para toda a orla Oriental de Lisboa, foi o lugar ideal escolhido para erigir a «PRAÇA DA TOUROS».
Segundo rezam as crónicas assistiram algumas vezes às corridas el-Rei «D. Miguel» e uma das suas irmãs, «D. Maria da Assunção».
A «Praça de Touros do Campo de Santana» não era muito grande, embora construída de madeira totalmente e não sendo do tipo clássico, mesmo assim, certamente, fez as delicias de muitos alfacinhas.
Escreveu «RAMALHO ORTIGÃO» na célebre publicação mensal, fundada em 1871 «AS FARPAS»: "para se saber que em LISBOA há povo, é preciso ir aos touros vê-los".
Nesta praça de Santana, brilhou na sua nobre arte de tourear a cavalo, o «CONDE DE VIMIOSO» e, muitos outros fidalgos do seu tempo ali luziram suas prendas.
Na esquina do Largo de nome «MITELO» ergue-se um palácio que foi moradia do «DR. ALEXANDRE MITELO DE MENESES» e desde 1737 até 1811 esteve na posse de sua família. Nesse palácio residiu o «CONDE DE VIMIOSO» e estava muito perto da arena das suas glórias.
«É na praça de touros do "Campo de Santana", antecessora do "Campo Pequeno", apinhara-se o povo para as "esperas de touros". Várias vezes por ano, o povo de LISBOA, desde o "LUMIAR", pelas estradas e ruas que iam da "Calçada de Carriche" até ao "Campo de Santana", amontoavam-se para o espectáculo da passagem dos touros que, conduzidos por campinos e marialvas, eram levados dos arredores até à arena do "CAMPO DE SANTANA"».(1)
Elucido os interessados em assuntos versados em história, fazerem uma visita ao Blogue do amigo BIC LARANJA, de onde retirámos um comentário de "LUAR" (com a devida vénia), sobre a «PRAÇA DO CAMPO DE SANTANA» diz-nos: "que dez anos antes da inauguração da praça do Campo de Santana, a revolução liberal tinha tentado acabar com as touradas, consideradas pelos seus mentores como um espectáculo bárbaro. Mas só conseguiram erradicar os touros de morte no ano de 1826".
A maqueta desta nobre Praça de Touros, encontrava-se em 1915 no «CLUBE TAUROMÁQUICO» na «RUA GARRETT», esquina para a «RUA IVENS» ao Chiado. Foi destruída num assalto político às instalações do clube, e dela só nos resta, apenas a memória numa fotografia.
A «PRAÇA DE TOUROS DO CAMPO DE SANTANA» tinha sucedido à «PRAÇA DE TOUROS DO SALITRE (1790)», veio a ser demolida no ano de 1891, para dar lugar a outra, não menos famosa «A PRAÇA DE TOUROS DO CAMPO PEQUENO» inaugurada em 1892.
(1) - Lisboa em Movimento (1850-1920) - Exposição no Pavilhão, Pátio e Jardins do Museu da Cidade, Campo Grande - Lisboa de Junho/Outubro de 1944 - Livros Horizonte página 371.
(CONTINUA) - (PRÓXIMO) - «CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA [IX] - O MÉDICO SOUSA MARTINS»



5 comentários:

Presépio no Canal disse...

Fiquei deliciada com a fotografia acima da Praca de Touros :)

Que preciosidade!

Bic Laranja disse...

Gostei de ler. Grato pela referência.
Cumpts.

APS disse...

A pesquisa da foto pertence ao amigo BIC LARANJA.

Assim, aproveito para elucidar a PRESÉPIO NO CANAL e agradecer a ambos, por acederem a esta blogue.

O meu muito obrigado.
APS

Manuel Peralta Godinho e Cunha disse...

Gostei de ler a referência à Praça de Toiros do Campo de Sant'Ana.
Penso que a Praça de Toiros do salitre foi construída em 1790 e demolida em 1879.

APS disse...

Caro Manuel Peralta Godinho e Cunha

Bem-vindo a este blogue e obrigado pela consideração.

Estive a pesquisar nos meus velhos papeis e cheguei à conclusão de que a «PRAÇA DE TOIROS DO SALITRE» foi inaugurada a 4 de Junho de 1790 e demolida entre 1879 e 1880. Podemos considerar o início da demolição em finais de Dezembro, passando para o ano seguinte.
A «PRAÇA DE TOUROS DO CAMPO DE SANTANA» foi inaugurada em 3 de Julho de 1831 e demolida em 1891.

Estou a fazer esta explicação um pouco detalhada, só para ficar registado (salvo elementos em contrário) no blogue, e não para o esclarecer, pois acredito que sendo o amigo um apreciador desta especialidade certamente saberá mais pormenores.
Cumprimentos
APS