sábado, 30 de julho de 2011

CALÇADA DAS LAJES [ VII ]

Calçada das Lajes - (2005) Foto de APS (Fachada da Capela da "QUINTA DO ROMA" virada para a "Calçada das Lajes", construída no século XIX) in ARQUIVO/APS Calçada das Lajes - (200_) - Foto de BARRAGON (Descendo a "Calçada das Lajes" encontramos à nossa direita as casas da "QUINTA DO ROMA") in PANORAMIO

Calçada das Lajes - (2010) - (Calçada das Lajes, à esquerda a porta de entrada e edifícios da "QUINTA DO ROMA" in GOOGLE EARTH Calçada das Lajes - (2010) (Subindo a "Calçada das Lajes" vamos encontrar à nossa esquerda a "QUINTA DO ROMA", na direita fica o edifício na "QUINTA DO MANIQUE") in GOOGLE EARTH


(CONTINUAÇÃO) - CALÇADA DAS LAJES [ VII ]


«QUINTA DO ROMA ( 1 )»

Esta propriedade denominada «QUINTA DO ROMA», fica situada na «CALÇADA DAS LAJES», na freguesia de «SÃO JOÃO», que se compõe de uma grande casa nobre com todas as acomodações, jardim, horta com poço e nora, tanque e um terreno de sequeiro, uma vinha e árvores de fruta; pertence ao vínculo instituído por «FRANCISCO MORATO ROMA», faz fronteira pela parte norte com a «TRAVESSA DO ALTO DO VAREJÃO», a sul com o «LARGO DE SANTOS», junto deste está o «CONVENTO DAS COMENDADEIRAS DE SANTOS-O-NOVO», a nascente «CALÇADA DAS LAJES», poente com vários prédios do «ALTO DO VAREJÃO». Deve a sua designação, desde o século XVIII, à família «MORATO ROMA». Esta Quinta foi anteriormente conhecida pela «QUINTA DO PINHEIRO» ou «QUINTA DO PESTANA».


A «QUINTA DO PINHEIRO» foi vendida em 1637 pela viúva de «LOURENÇO PESTANA», escrivão do Cível. Aparece depois na posse da propriedade o «DR. FRANCISCO MORATO ROMA», médico oriundo de «CASTELO DE VIDE» (1588) veio para LISBOA com «D. JOÃO IV». Não sabemos ao certo se terá habitado na QUINTA, apesar do seu óbito não constar dos registos da freguesia de «SANTA ENGRÁCIA» (na época), mas num inventário do século XIX, pode ler-se que: "a quinta denominada do Roma (...) pertence ao vínculo instituído por "FRANCISCO MORATO ROMA" ( 1 ).


Ao certo sabe-se que seu filho, «JOÃO MORATO ROMA», e sua mulher, "moradores na sua quinta por detrás do dito "Mosteiro de Santos", venderam em (19.12.1670) umas casas nobres junto à Igreja de S. Vicente de Fora, por 10.000 cruzados" ( 2 ).


Em 1672, os mesmos dotaram seu filho «FRANCISCO» natural de «S. VICENTE», "para casar com D. MARIANA DE SANDE, e instituíram um morgado composto de muitas propriedades e de parte da sua terça (...)". A «QUINTA DO ROMA» foi vinculada por sentença dada em 1677 a favor de «JOÃO MORATO», que já a vincular "por sub-rogação de um morgado no Alentejo, em 1672 ( 3 ).
-
( 1 ) - IAN/TT, vínculos, Lisboa, nº 24 e 25 fl, 16.

- ( 2 ) - IAN/TT, CN, C-12A. Cx. 54 L. 218, fls. 95 e 96.

- ( 3 ) - Morato, Francisco Manuel Fragoso de Aragão, Memórias, Coimbra, Imprensa da Universidade, 1933, p. 198.

(CONTINUA) - (PRÓXIMO) - «CALÇADA DAS LAJES [ VIII ] - QUINTA DO ROMA ( 2 )».

Enviar um comentário