sábado, 19 de novembro de 2011

RUAS ANTIGAS, NOMES NOVOS [ II ]

Rua Capelo - (2010) - (A "RUA CAPELO" onde se instalou o Governo Civil de Lisboa, chamava-se antigamente a "TRAVESSA DA PARREIRA") in GOOGLE EARTH

Rua António Maria Cardoso - (2010) (A "RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO" junto ao Chiado, substituiu a "RUA DO TESOURO VELHO" in GOOGLE EARTH

Campo dos Mártires da Pátria - (2010) (Chamaram-lhe "CAMPO DO CURRAL", "CAMPO DE SANTANA" mas hoje este topónimo tem o nome de "CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA") in GOOGLE EARTH

Rua Ivens - (2010) (A "Rua Ivens" que liga o antigo "Largo da Biblioteca Publica" hoje "Largo da Academia Nacional de Belas Artes" e a "Rua Garrett", substituiu a velha "Rua de São Francisco") in GOOGLE EARTH

Rua Anchieta - (2010) (A Rua Anchieta, celebre por ter na sua esquina a "Livraria Bertrand" a mais antiga da Europa, veio substituir a "RUA DA FIGUEIRA") in GOOGLE EARTH

Calçada da Estrela - (C. de 1910) Foto de Joshua Benoliel (A Calçada da Estrela onde existia o "Convento das Francesinhas", veio absorver a "Calçada das Francesinhas") in AFML

(CONTINUAÇÃO) - RUAS ANTIGAS, NOMES NOVOS [ II ]

«RUA ANCHIETA - RUA CAPELO - RUA IVENS - LARGO DO CHIADO - RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO - RUA GOMES FREIRE - CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA - CALÇADA DA ESTRELA»

Ainda na freguesia dos «MÁRTIRES» a «RUA DA FIGUEIRA» foi substituída pela «RUA ANCHIETA» e a «TRAVESSA DA PARREIRA» terá passado por edital de 07.09.1885 para «RUA CAPELO». Ali mesmo ao lado a «RUA DE SÃO FRANCISCO» tomou o nome de «RUA IVENS» na mesma data. Herminigildo Capelo, José Alberto de Oliveira Anchieta, Alexandre Alberto da Rocha de Serpa Pinto e Roberto Ivens, todos eles grandes exploradores no Continente africano, nomeadamente de «ANGOLA» e «MOÇAMBIQUE», ficaram juntos na freguesia dos «MÁRTIRES».

O «LARGO DAS PORTAS DE SANTA CATARINA» passou para «LARGO DAS DUAS IGREJAS», hoje «LARGO DO CHIADO» desde o edital de 19.05.1925.

Na freguesia da «ENCARNAÇÃO» a antiga «RUA DO TESOURO VELHO» passou a chamar-se «RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO» de tão má memória, que por pouco, ficaria conhecida pela «RUA DA MORTE», como a vontade popular assim pretendeu, mas que a edilidade não homologou no registo de assentos toponímicos.

Na freguesia da «PENA» temos a velha «CARREIRA DOS CAVALOS» que mudou para «RUA DE GOMES FREIRE», esta rua era um verdadeiro picadeiro público na época, assim denominada por permitir galopar e correr "à rédea solta" até ao «CAMPO DE SANTANA», que também cederá o seu nome para ser chamado de «CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA». Antes do topónimo «CAMPO DE SANTANA» este sítio era designado por «CAMPO DO CURRAL», por existir na altura, uma praça de touros, com instalações de abate junto do redondel tauromático.

A «CALÇADA DA ESTRELA» pertence a três freguesias: «SANTA CATARINA», «MERCÊS» e «LAPA», sendo a «CALÇADA DAS FRANCESINHAS» incorporada na «CALÇADA DA ESTRELA» no ano de 1859. Anteriormente teve várias denominações, quem nos afirma é «GUSTAVO DE MATOS SEQUEIRA» na sua obra «DEPOIS DO TERRAMOTO», Volume II - 1917, página 50. Chamaram-lhe «CALÇADA DE SÃO BENTO», «CALÇADA DA SAÚDE», «CALÇADA DAS FREIRAS», «CALÇADA DOS NEGROS» e por último «CALÇADA DAS FRANCESINHAS».

(CONTINUA) - (PRÓXIMO) - «RUAS ANTIGAS, NOMES NOVOS [ III ] - TRAVESSA DO ALECRIM - RUA DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS - RUA LUZ SORIANO - RUA DO POSSOLO - TRAVESSA DO POSSOLO e TRAVESSA DO SALITRE».

2 comentários:

hojedescobri.com disse...

Incrível toda esta informação sobre estas ruas de Lisboa. De admirar a sua dedicação a esta cidade maravilhosa. Um blog que irei seguir atentamente a partir de agora. Obrigado. José Coelho :)

APS disse...

Caro José Coelho

Bem-vindo a este blogue e agradecido pelas suas generosas palavras.
Desejo-lhe muita perseverança para o seu empreendimento que, o pouco que me foi dado pesquisar, é sem dúvida de grande utilidade.
Muitas felicidades e obrigado.
Cumpts,
APS