sábado, 29 de setembro de 2012

PRAÇA DO CHILE [ X ]

 Praça do Chile - (Século XIX) (Antigo "Colégio de Noviciados da Companhia de Jesus", depois "Convento Nª. Srª. da Conceição de Arroios", mais tarde "Hospital de Arroios" na "Rua Quirino da Fonseca" antiga "Estrada de Sacavém") in AFML
 Praça do Chile - (1948) Foto de Eduardo Portugal (Porta de Igreja brasonada no antigo "Colégio de Noviciados da Companhia de Jesus", mais tarde "Convento de Nª. Srª. da Conceição", virada para a antiga "Estrada de Sacavém", depois "Rua Alves Torgo" e em 1956 a "Rua Quirino da Fonseca") in AFML
 Praça do Chile - (2003) - (Antigo "Colégio de Noviciados da Companhia de Jesus" até 1758, depois "Convento" e mais tarde "Hospital de Arroios") in SKYSCRAPERCITY
Praça do Chile - (2003) - (Painel de azulejos que representa o "Santo Inácio de Loiola" no seu leito de morte ao receber a aparição de S. Pedro. Encontrava-se inicialmente no "Colégio dos Jesuítas" e por último no "Hospital de Arroios". O quinto painel que desapareceu, mas tendo ficado os contornos na parede, está encoberto possivelmente por este armário) in SKYSCRAPERCITY


(CONTINUAÇÃO) - PRAÇA DO CHILE [ X ]

«COLÉGIO DE NOVICIADOS DA COMPANHIA DE JESUS»

O «COLÉGIO DE NOVICIADOS DA COMPANHIA DE JESUS» teve o seu início no sítio onde há poucos anos funcionava o «HOSPITAL DE ARROIOS». Começou a ser construído por volta de 1705 e destinava-se inicialmente a ser um seminário para formação de missionários da «COMPANHIA DE JESUS». O projecto já vinha a ser pensado desde 1628 quando, durante a "CONGREGAÇÃO PROVINCIAL DA COMPANHIA DE JESUS", sentiu a necessidade de garantir o sustento e a formação de noviços destinados às missões na ÍNDIA. Contudo, só em 1690, por influência do padre "Francisco Sarmento", procurador das "Missões da Índia", foi pela primeira vez seriamente encarada a construção de um seminário destinado às "Índias Orientais".
Entretanto, o padre "João Serrão", que tinha sido vigário geral do "Arcebispado de Lisboa", faleceu em 1697, mas deixou expresso no seu testamento o desejo de que o seminário fosse fundado numa das suas quintas, junto a «FRIELAS». Não obstante terem sido obtidas as necessárias autorizações, foi decidido que o edifício ficaria localizado, não em FRIELAS, como inicialmente se tinha pensado, mas numa quinta próximo do "CHAFARIZ DE ARROIOS".
A construção teve o apoio de «D. CATARINA» (a do Paço da Bemposta), filha de «D.JOÃO IV» e a rainha de Inglaterra, que regressara a PORTUGAL em 1692 depois da morte de  seu marido o rei «D. CARLOS II». Foi por sua vontade que a "CASA DO NOVICIADO" tomou o nome de «SÃO FRANCISCO XAVIER» enquanto que à igreja foi consagrada a «NOSSA SENHORA DA NAZARÉ», numa invocação da imagem que era venerada numa ermida existente na referida quinta de FRIELAS.
Dentro da estética maneirista, o edifício obedecia ao estilo que caracterizava as construções das casas da "COMPANHIA DE JESUS". A Igreja que se pensa ter sido do projectada pelo arquitecto «JOÃO ANTUNES», tinha uma forma poligonal, e era ornamentada com nichos ocupados pelas estátuas em mármore de quatro santos jesuítas:«SANTO INÁCIO DE LOIOLA», «SANTO ESTANISLAU KOSTKA»,  «SÃO FRANCISCO XAVIER» e «SÃO LUÍS DE GONZAGA».
A fachada da Igreja excelente trabalho em pedra, encimada pela imagem de "NOSSA SENHORA DA NAZARÉ", exibe um escudo bipartido com as armas de PORTUGAL e da INGLATERRA, numa referência à rainha «DONA CATARINA» e a seu marido «D. CARLOS II».
O Terramoto de 1755 pouco ou nada afectou o "Noviciado". Mas por Decreto de Agosto de 1758, o «MARQUÊS DE POMBAL» expulsou de PORTUGAL a «COMPANHIA DE JESUS» e, nomeadamente todos os Jesuítas pelo que, em Dezembro desse ano, os "noviços" foram enviados para suas casas ficando o edifício devoluto.

(CONTINUA) - (PRÓXIMO) - «PRAÇA DO CHILE [ XI ] - OS AZULEJOS DO HOSPITAL DE ARROIOS ( 1 )».

Enviar um comentário