sábado, 6 de abril de 2013

RUA DE DONA ESTEFÂNIA [ XIII ]

 Rua de dona Estefânia - (2007) -(Local destinado à urbanização no "Casal de Santa Luzia". Um terreno com cerca de 13 000 metros quadrados, prevendo-se a construção de 84 fogos - T1 a T5  - totalizando 13 600 m2 de habitação, acrescido de 1 500 m2 de espaços comerciais e um lote de 1 600 m2 destinados a equipamento)  in GOOGLE EARTH
 Rua de dona Estefânia - (2011?) - Foto de autor não identificado (Projecto para o "Casal de Santa Luzia" da autoria do Arquitecto "Frederico Valsassina") in RODRIGUES & NÉVOA
 Rua de dona Estefânia - (2011?) - Foto de autor não identificado (Projecto do "Casal de Santa Luzia" junto à "Rua de D, Estefânia" da firma "Rodrigues & Nèvoa") in RODRIGUES & NÉVOA
 Rua de dona Estefânia - (2012) (O que resta da "Garagem Santa Luzia" na "Rua de dona Estefânia") in GOOGLE EARTH
 Rua de dona Estefânia - (1969) Foto de João H. Goulart (A "Garagem Santa Luzia" Estação de Serviço e Oficinas, na "Rua de dona Estefânia, 109 a 115) in AFML
 Rua de dona Estefânia - (1961) Foto de Arnaldo Madureira (A "Garagem de Santa Luzia" na "Rua de dona Estefânia") in AFML
 Rua de dona Estefânia - (1969) Foto de João Goulart (Entrada para o "Casal de Santa Luzia", junto à "Rua de dona Estefânia" in  AFML
Rua de Dona Estefânia - (1969) Foto de João H. Goulart (O "Casal de Santa Luzia" com entrada pela "Rua da Escola de Medicina Veterinária, 10) in AFML 

(CONTINUAÇÃO) - RUA DE DONA ESTEFÂNIA [ XIII ]

«O BAIRRO CATARINO E O CASAL DE SANTA LUZIA»

Na «RUA DE DONA ESTEFÂNIA» frente ao portão lateral de entrada do "HOSPITAL DE DONA ESTEFÂNIA» existiu há anos um pequeno BAIRRO de nome «CATARINO», entre os números 69 e 71 da referida "RUA", hoje já nada resta desse bairro, a não ser a indicação no "Roteiro de Lisboa" edição do Anuário 7.ª edição de 1987.
Além deste bairro, vem igualmente mencionado neste roteiro o «CASAL DE SANTA LUZIA» (que pertencia à freguesia de S. Jorge de Arroios) hoje «ARROIOS», e nos indicava que  a sua entrada se fazia próximo do número 113 da «RUA DE DONA ESTEFÂNIA» e tinha ainda outra entrada para o "CASAL", pelo número 10 na "RUA ESCOLA DE MEDICINA VETERINÁRIA".
Este espaço (há muito abandonado) inserido na malha urbana das denominadas "Avenidas Novas", situa-se nas traseiras do "ex-LICEU CAMÕES" junto dos seus campos desportivos, tem duas entradas, era uma urbanização do século XIX, um local essencialmente industrial.
Nesta altura existe um projecto para o espaço, calculado aproximadamente de treze mil metros quadrados. O projecto de loteamento para o local é da autoria do Arquitecto "Frederico Valsassina", foi aprovado em Novembro de 2011, prevendo-se a construção de 84 fogos de tipologia T1 a T5 totalizando 13 600 metros quadrados de habitação, acrescidos de 1 500 metros quadrados de espaços comerciais e de um lote com cerca de 1 600 metros quadrados destinados a equipamentos.
O desenho urbano é apoiado no prolongamento de estrutura viária envolvente, em vias exclusivamente pedonais, criando uma continuidade visual com os espaços vizinhos do "ex-Liceu Camões".
Esta informação obtida através da C.M.L. gabinete do senhor vereador "Manuel Salgado", referente à «Aprovação do prédio de licenciamento da operação de Loteamento a realizar no "Casal de Santa Luzia", proposta 596/2011». Que no seu ponto um nos diz: "A operação de loteamento nos terrenos sitos na "Rua de dona Estefânia", 93 a 119 e na "Rua Escola de Medicina Veterinária", 6 a 8A (vulgarmente designada por "Casal de Santa Luzia" na antiga freguesia de "São Jorge de Arroios" (hoje "ARROIOS").No seu ponto terceiro, indica-nos que o loteamento resulta de reparcelamento de vários prédios, tendo para o efeito a construção de quatro lotes destinados à edificação urbana, neles se prevendo a construção de dez edifícios com um máximo de seis pisos acima do solo (destinados a comércio, habitação e equipamento) e um máximo de três pisos abaixo do solo, exclusivamente destinados a estacionamentos.
Ainda no ponto sete, diz-nos que a operação de loteamento prevê a construção de quatro parques de estacionamento autónomos, que se desenvolvem nos pisos em cave, com capacidade para 370 lugares de estacionamento. Alguns destinados a estacionamento público localizado nos lotes 4, e outros a ceder para o domínio privado municipal, prevendo-se o acesso ao mesmo, através da construção de uma servidão de passagem pelo lote 3.
No ponto oito, este loteamento prevê a cedência gratuita de uma área de 5195,60 metros quadrados para integrar o domínio público municipal, destinada a espaços verdes e de utilização colectiva, (dos quais, 3661 metros quadrados constituem a área verde permeável) bem como a cedência, como compensação em espécie, de um lote com 2 960,40 metros quadrados, onde se prevê a construção de um edifício com 1 568,40 metros quadrados de superfície de pavimento destinado ao funcionamento de uma creche/jardim e de um lar de terceira idade.
Todo este terreno confina com as ruas: "RUA DE DONA ESTEFÂNIA" a (Nascente), "RUA ESCOLA DE MEDICINA VETERINÁRIA" a (Sul) e a (Poente) com a "ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMÕES", antigo "LICEU CAMÕES".
Grande parte da área não tem construção, com excepção de uma na "RUA DE DONA ESTEFÂNIA" e outra, na "RUA ESCOLA MEDICINA VETERINÁRIA".
Este sítio do «CASAL DE SANTA LUZIA» está ainda hoje muito mal documentado quanto à sua história. Propunha-se a quem eventualmente por ali viveu ou trabalhou, nos deixe aqui o seu depoimento, para assim, amanhã, um outro vindouro, conseguir juntar uma história que certamente terá por ali existido, neste "CASAL" bastante antigo.


(CONTINUA)-(PRÓXIMO)-RUA DE DONA ESTEFÂNIA [ XIV ]-O IPR-INSTITUTO PORTUGUÊS DE REUMATOLOGIA E O JARDIM CESÁRIO VERDE»

Enviar um comentário