sábado, 1 de agosto de 2015

CALÇADA DE DOM GASTÃO [ XIII ]

«O PALÁCIO DE DOM GASTÃO OU DAS ILHAS DESERTAS ( 5 )»
 Calçada de Dom Gastão - (2015) -Foto gentilmente cedida pelo amigo RICARDO MOREIRA (Panorama do conjunto do antigo "CAIS DOS SENHORES DAS ILHAS DESERTAS", único pormenor identificável de que ali existiu um Cais)  in  ARQUIVO/APS
 Calçada de Dom Gastão - (2015) - Foto gentilmente cedida pelo amigo RICARDO MOREIRA - (No "PALÁCIO DE D. GASTÃO OU SENHORES DAS ILHAS DESERTAS" são hoje as instalações da «COOPERATIVA DE ENSINO "OS PIONEIROS"» desde 1974. Nesta parte pintada a branco funciona um lugar de hortaliça, agora com um pequeno café, só balcão sem mesas)  in  ARQUIVO/APS
 Calçada de Dom Gastão - (2015) -Foto gentilmente cedida pelo amigo RICARDO MOREIRA - ("CALÇADA DE DOM GASTÃO" no nº. 13-1.º andar funcionou nos anos 50 do século XX os SERVIÇOS-MÉDICOS SOCIAIS da FEDERAÇÃO DA CAIXA DE PREVIDÊNCIA - POSTO Nº. 28. No r/c 13-A ainda funciona a FÁBRICA DE ROLHAS de JOÃO DO ROSÁRIO POLICARPO MENDES)  in  ARQUIVO/APS

Calçada de Dom Gastão - (1998 ) Foto de António Sacchetti - (Antigo "CAIS DOS SENHORES DAS ILHAS DESERTAS" o progressivo avanço da margem do RIO, fez desaparecer uma das imagens mais marcantes - deste género - na Zona Oriental de Lisboa) in CAMINHO DO ORIENTE

 Calçada de Dom Gastão - (1998) - Foto de António Sacchetti - (Na actual "RUA DA MANUTENÇÃO" outrora CAIS de embarque da propriedade dos SENHORES DAS ILHAS DESERTAS) in  CAMINHO DO ORIENTE
 Calçada de Dom Gastão - (1968) Foto de Arnaldo Madureira - (Antigo CAIS do "PALÁCIO DE D. GASTÃO" na RUA DA MANUTENÇÃO)  in   AML 
Calçada de Dom Gastão - (1962) - Foto de Artur Goulart - (A "FEDERAÇÃO DE CAIXAS DE PREVIDÊNCIA - SERVIÇOS MÉDICOS SOCIAIS, no Palácio de "D. GASTÃO COUTINHO", o antigo POSTO Nº. 28) in  AML 

(CONTINUAÇÃO) - CALÇADA DE DOM GASTÃO [ XIII ]

«O PALÁCIO DE DOM GASTÃO OU DAS ILHAS DESERTAS ( 5 )»

"DOM GASTÃO", em 1823, lutou ao lado dos absolutistas, na "VILAFRANCADA", apoiando D. JOÃO VI, mas após a vitória de D. MIGUEL abraçou a causa liberal, pelo que teve de exilar-se no estrangeiro. Mais tarde, nas hostes do MARECHAL SALDANHA, tomou parte na fracassada expedição de BELFAST, e, sempre tenaz, prosseguiu nas campanhas que haviam de conduzir o país ao triunfo do liberalismo. Eleito deputado para as CORTES, revelou-se um orador brilhante por vezes contundente, e um acérrimo defensor da "CARTA CONSTITUCIONAL" com a "CONSTITUIÇÃO DE 1822".
Em 1836 casou-se com D. FRANCISCA DE ALMEIDA, MARQUESA DE VALADA, mas como não tivera descendentes o título passou para o irmão.
Em 1759, este PALÁCIO "Situado no GRILO na eminencia da CALÇADINHA que sobe para ele, sobre uma rocha, na parte do Sueste sobre o mar, não tem mais especialidade do que a excelente varanda para nascente que mandou fazer o principal D. FRANCISCO DE SALES, e um embarcadouro existente com sua porta no mesmo palácio. A entrada que fica a Norte na mesma Calçada que vai para o GRILO não corresponde à magnificência do novo quarto, cuja galeria cai sobre a dita varanda" ( 1 ).  
Este prelado da Patriarcal era filho de "D. GASTÃO JOSÉ (8.º SENHOR), faleceu no ano do terramoto deixando alguma obra feita. O novo quarto e o desembarcadouro com silhares em alvenaria foi mandado executar por "D. GASTÃO (10.º SENHOR), sobrinho do prelado.
Em 1864, ainda "O lado oposto à Estrada (de XABREGAS) é guarnecido por um ranque de árvores, e pelo muro que a separa do TEJO, e que vai acabar a um desembarcadoiro contíguo ao palácio..." (ARQUIVO PITORESCO, 1864, tomo VII).
O prédio do rés do chão e primeiro andar, que foi o PALÁCIO DE D. GASTÃO, ou DAS ILHAS DESERTAS, com entrada pelo Nº. 15 (no tempo do externato circunscrito por muro), nada nos oferece hoje de especial, confundindo-se na movimentada CALÇADA com o quarteirão onde se integravam as suas traseiras, na RUA DA MANUTENÇÃO, outrora RIO, os robustos silhares do CAIS e a balaustrada em alvenaria da sua varanda, são ainda, por contraste, a única nota a reter. No lado oposto à CALÇADA, à esquerda da Oficina de Automóveis, o edifício com quatro sacadas no primeiro andar, constitui parte das antigas residências dos Capelães, construídas no século XVII. 
A urbanização desta zona, que começa a tomar corpo sobretudo no último quartel do século XIX, com a criação das industrias, ao cortar propriedades, descaracterizou completamente a sua feição, cuja articulação era feita entre este Palácio da falésia e o PALÁCIO DA QUINTA DO GRILO, com um amplo terreno (depois "LARGO DE D. GASTÃO"), onde se ostentava, como núcleo, a ERMIDA DA RESTAURAÇÃO e as casas dos oficiantes.  O irmão de "D. GASTÃO PEREIRA DE SANDE", D. JOSÉ FÉLIX DA CÂMARA (1797-1879), 3.º CONDE, não quis aceitar o título. Consta-se que, por falta de herdeiros directos, o PALÁCIO terá ficado na posse da governanta, sendo proprietário do mesmo, em princípios do século XX, BENTO JOSÉ FREITAS DE ARAÚJO.
Foram vários os locatários deste secular edifício. No rés-do-chão, na parte outrora destinada às cavalariças, desde 1958 labora aí a "FÁBRICA DE ROLHAS", do senhor JOÃO DO ROSÁRIO POLICARPO MENDES. No primeiro andar esquerdo estiveram instalados o "CHELAS FUTEBOL CLUBE", ( 2 ) o POSTO CLÍNICO Nº. 28 da SEGURANÇA SOCIAL e, após o 25 de ABRIL DE 1974, uma dependência do PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS; no lado direito esteve durante longos anos um externato.
[ FINAL].

- ( 1 ) - "Memórias Paroquiais", 1759

- ( 2 ) - Fundado em 25 de Dezembro de 1911, é o antecessor do C.O.L.-Clube Oriental de Lisboa.

BIBLIOGRAFIA

- ANDRADE, Ferreira de - Palácios Reais de Lisboa - Editorial Império -LISBOA - 1949
- ARAÚJO, Norberto de - Peregrinações em Lisboa-Liv. XV - Vega-Lisboa - 1993
- ARRUDA, Luísa - Caminho do Oriente - Guia do Azulejo - Livros Horizonte-Lisboa-1988
- ATLAS DA CARTA TOPOGRÁFICA DE LISBOA - SOB A ORIENTAÇÃO DE FILIPE FOLQUE; 1856-1858 - CML - Lisboa - 2000.
- MACEDO, Pastor de - LISBOA DE LÉS A LÉS - CML- Vol. III - Lisboa 1985.
- MATOS, José Sarmento e PAULO, Jorge Ferreira - Caminho do Oriente II Liv. Horizonte- Lisboa - 1999.
- PELAS FREGUESIAS DE LISBOA - LISBOA ORIENTAL - CML - LISBOA - 1993.

(PRÓXIMO)«RUA AFONSO DOMINGUES [ I ] -A RUA AFONSO DOMINGUES»
Enviar um comentário