sábado, 23 de julho de 2016

RUA DE SANTOS-O-VELHO [ VI ]

«PALÁCIO ABRANTES A EMBAIXADA DE FRANÇA»
 Rua de Santos-o-Velho - (2014) - Foto de Cristian Rodriguez - Fachada do Palácio Abrantes hoje Embaixada de França  in  SIETE LISBOAS 
 Rua de Santos-o-Velho - ( 2016 ) - (A "RUA DE SANTOS-O-VELHO" Fachada principal da "Embaixada de França")  in  GOOGLE EARTH 
 Rua de Santos-o-Velho - (2016) - (A "RUA DE SANTOS-O-VELHO" vista da "CALÇADA MARQUÊS DE ABRANTES" tendo no seu lado direito a "RUA DA ESPERANÇA") in GOOGLE EARTH
 Rua de Santos-o-Velho (2015) Foto de Dario Cruz  ("PALÁCIO  MARQUÊS DE ABRANTES" tecto da "sala das porcelanas", hoje Embaixada da França)  in   PÚBLICO  
Rua de Santos-o-Velho - (2012) Foto de Luís Boléo - (PALÁCIO MARQUÊS DE ABRANTES" pormenor de uma das suas belíssimas Salas, decoradas com painéis de azulejos azul e branco)  in  PANORAMIO

(CONTINUAÇÃO) - RUA DE SANTOS-O-VELHO [ VI ]

«PALÁCIO DE ABRANTES A EMBAIXADA DE FRANÇA»

O 5.º MARQUÊS DE ABRANTES, "PEDRO DE LENCASTRE E TÁVORA", alguns anos depois alugou o PALÁCIO de 1841 a 1849, a MARIE AMÉLIA DE BEAUHARNAIS, "DUQUESA DE BRAGANÇA", viúva do IMPERADOR PEDRO I DO BRASIL. Em 1853, uma pequena parte do PALÁCIO serve de residência à INFANTA "ANA DE JESUS MARIA, irmã dos Reis de PORTUGAL, "PEDRO" e "MIGUEL".
Por morte de "D. JOSÉ DE LENCASTRE E TÁVORA" (irmão de PEDRO) em 28 de Novembro de 1870 (Nobre que nunca se enquadrou no título de «MARQUÊS DE ABRANTES» por seguir o partido de "DOM MIGUEL")
Nesse mesmo ano foi para este PALÁCIO residir por aluguer o MINISTRO DE FRANÇA em LISBOA, o "CONDE ARMAND" onde ali instalou a "LEGAÇÃO DE FRANÇA".
Ocupava o piso inferior, mantendo-se os donos da casa na parte superior. Em 1880, "JOÃO DE LENCASTRE E TÁVORA"(1864-1917), continuava a habitar o edifício.
A 14 de Agosto de 1909 "SAINT-REVÉ TAILANDER", MINISTRO DE FRANÇA, adquire todo o edifício e jardim, em nome do GOVERNO FRANCÊS, para ali instalar a sua EMBAIXADA.
Terminaram assim, mais de trezentos anos de vida comum entre o "PALÁCIO DE SANTOS" e a família dos "LENCASTRES". Mas começou um novo episódio da história, mais que milenar deste local de «SANTOS», dedicado agora às relações, também pluri-seculares, entre a FRANÇA e PORTUGAL.
Quem tem a feliz hipótese de entrar neste antigo "PALÁCIO DE SANTOS" verá magnificas salas, excelentes pinturas. belas porcelanas e ainda uma uma esplendorosa vista para o TEJO, a partir do Jardim que é adivinhado por quem passa na "AVENIDA 24 DE JULHO" .

Como última curiosidade, anote-se um acrescento feito ao PALÁCIO, entre este e o edifício da IGREJA, conservando o mesmo estilo. A obra já foi do século passado (1937), levado a cabo pelos arquitectos "RENÉ TOUZET" e "REBELO DE ANDRADE", ali funcionou o "INSTITUTO FRANCÊS", que hoje se encontra, na "AVENIDA LUÍS BIVAR".
Em 1948 a "LEGAÇÃO" torna-se "EMBAIXADA DE FRANÇA".
Não queria deixar de fazer referência a uma pequena câmara deste admirável edifício, com tecto em cúpula, sendo esta revestida interiormente de louças do JAPÃO, da ÍNDIA, e algumas "hispano-Árabes", num conjunto original. 

(CONTINUA)-(PRÓXIMA)«RUA DE SANTOS-O-VELHO[ VII ] A IGREJA DE SANTOS-O-VELHO». 

Enviar um comentário