sábado, 24 de setembro de 2016

LARGO TRINDADE COELHO [ V ]

«O POSTIGO, A ESTÁTUA DE S. ROQUE, A TORRE DE ÁLVARO PAES E  A ESCADA»
 Largo Trindade Coelho -(Foto de M. Lourdes-do Blogue O AÇOR) - (Imagem de S. Roque colocada no cimo do POSTIGO ou ARCO DE S. ROQUE, na Muralha FERNANDINA) - (Escultura de S. Roque (em calcário), depois pintado, do século XVII, proveniente do antigo Postigo ou Arco de S. ROQUE, na MURALHA FERNANDINA) ("O CARMO E A TRINDADE" - LIVRO II pág.182) (ABRE EM TAMANHO GRANDE)  in   O AÇOR 
 Largo Trindade Coelho - ( 2014 ) - (O "LARGO TRINDADE COELHO" ao fundo a "RUA DE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA" e a "IGREJA DE SÃO ROQUE")  in   GOOGLE EARTH
 Largo Trindade Coelho - ( 2016 ) - ( Parte do "LARGO TRINDADE COELHO" ao fundo quase frente para a IGREJA o "PALÁCIO BRITO FREIRE-TOMAR" , na esquerda a "TRAVESSA DA QUEIMADA" que faz esquina com o Palácio, seguindo depois para Norte a "RUA SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA)   in     GOOGLE EARTH
Largo Trindade Coelho - (191-?) - Foto de Alberto Carlos Lima - (Coluna mandada erguer pela colónia italiana, comemorativa  do casamento do REI D. LUÍS com D. MARIA PIA DE SABÓIA, no "LARGO DE S. ROQUE" nessa altura)  (ABRE EM TAMANHO GRANDE)  in     AML 

(CONTINUAÇÃO) -LARGO TRINDADE COELHO [ V ]

«O POSTIGO, A ESTÁTUA DE S. ROQUE, A TORRE DE ÁLVARO PAES E A ESCADA»

"O POSTIGO" era uma simples abertura na MURALHA, com duas portas de madeira ( 1 ) o qual foi mais tarde, transformado em arco, "ARCO DE SÃO ROQUE", rematado com uma formosa estátua do mesmo SANTO ( 2 ).
As dimensões do "ARCO DE S. ROQUE", tomadas numa planta do "LARGO DE S. ROQUE" do princípio do segundo quartel do século XIX, eram: 2,44 metros na largura, por 2,20 metros de espessura do muro. Este "ARCO" foi demolido em 1837 ( 3 ) para obras de urbanização e embelezamento do "LARGO DE S. ROQUE".

A ESTÁTUA DE S. ROQUE

A imagem de "SÃO ROQUE" que foi colocada sobre o postigo ( 4 ) era uma escultura de pedra do século XVII, e ali se conservou até à demolição do "ARCO" em meados do século XIX. Encontrava-se no "MUSEU DA ASSOCIAÇÃO DOS ARQUEÓLOGOS PORTUGUESES, no CARMO, no qual deu entrada em 1899, vinda de um corredor do edifício da "SANTA CASA DA MISERICÓRDIA", onde estava em depósito ( 5 ).

A TORRE DE ÁLVARO PAES

No vértice do saliente Noroeste da "CERCA FERNANDINA" ficava situada a "TORRE DE ÁLVARO PAES", cuja denominação remontava, pelo menos, ao ano de 1429 ( 6 ).  Este cidadão, nobre e rico, que legou o nome à TORRE, foi chanceler dos REIS "D. PEDRO" e de "D. FERNANDO", e padrasto de "JOÃO DAS REGRAS" tinha provavelmente residência ou propriedades no local ou vizinhança da "TORRE" ( 7 ) .
A "TORRE" ficou muito arruinada pelo Terramoto de 1755, como nos mostra a vista bastante fantasiada, mas muito vulgarizada, da colecção de gravuras de  "FILIPPE LE BAS" (1757) e foi demolida em 1837.

ESCADA PARA O "ADARVE" DO MURO

Junto da "TORRE DE ÁLVARO PAES", do lado interior da cidade, ficava a escada de pedra que conduzia ao "ADARVE" ( 8 ) da Muralha e dai ao eirado da "TORRE".

- ( 1 ) -Elementos, etc.. TOMO V, pág. 202.
- ( 2 ) -CRÓNICA DAS CARMELITAS, por FREI JOSEPH PEREIRA DE SANTA MARIA, Tomo I, 1745, pág. 380. 
- ( 3 ) -ARQUIVO PITORESCO, VOLUME VII, 1864, pág. 306.
- ( 4 ) -DEMONSTRAÇÃO HISTÓRICA, etc., por FREI APOLINÁRIO DA CONCEIÇÃO, 1750, fl. 196.
- ( 5 ) -BOLETIM DA REAL ASSOCIAÇÃO DOS ARQUEÓLOGOS CIVIS E ARQUITECTOS PORTUGUESES, TOMO VIII, 1898, páginas 41, 70, e 97 -uma estampa com a fotografia da imagem acha-se em "O CARMO E A TRINDADE", por GUSTAVO MATOS SEQUEIRA, VOLUME II, em frente da pág. 182.
- ( 6 ) -CONVENTO DA TRINDADE, maço 1, Nº. 30 FERNÃO LOPES, que escrevia por 1434-1454, cita-a sempre com este nome, Ver CRÓNICA DEL REY D. JOÃO I, 1ª. parte, 1644, pág.205. 
- ( 7 ) -No início do século XVI vivia um "ÁLVARO PAIS", pedreiro, que tomou de aforamento ao MOSTEIRO DA TRINDADE um chão nas vizinhanças do "POSTIGO do CONDE". Não foi este, todavia , quem deu o nome à TORRE - "MOSTEIRO DA TRINDADE", livro 65. fl, 65, ano 1592.
- ( 8 ) -ADARVE - (do Árabe addarb, caminho, por ext. muralha). s. m. muro ameado de fortaleza; passeio ou ruela por cima do muro da fortaleza, junto das ameias.   


(CONTINUA) - (PRÓXIMO) «LARGO TRINDADE COELHO [ VI ]O PALÁCIO DOS NORONHAS, DEPOIS DO "CONDE DA LOUZA").

Enviar um comentário