sábado, 18 de fevereiro de 2017

RUA DA PALMA [ VIII ]

«O PALÁCIO FOLGOSA  -  HOTEL MUNDIAL»
 Rua da Palma - (1932) Foto de autor não identificado - (Palácio dos Condes de FOLGOSA na RUA DA PALMA, anterior à sua demolição parcial) (Foto publicada no blogue Lisboa de Antigamente  oriunda do antigo Jornal "O SÉCULO")  in  LISBOA DE ANTIGAMENTE
 Rua da Palma - (1930) - Foto de autor não identificado - ("Palácio dos Condes de Folgosa" na RUA DA PALMA, antes da sua alienação pela CML e posterior demolição parcial) (Foto publicada no Blogue LISBOA DE ANTIGAMENTE oriunda do antigo jornal "O SÉCULO")  in  LISBOA DE ANTIGAMENTE
 Rua da Palma - (1939) - Foto de Eduardo Portugal - (Palácio dos Condes de Folgosa, na RUA DA PALMA, depois da aquisição do edifício pela C.M.L. e obras efectuadas)  in   AML 
 Rua da Palma - (1960) - Foto de Arnaldo Madureira - (Fachada do PALÁCIO FOLGOSA, na RUA DA PALMA)  in   AML 
 Rua da Palma - (1968) Foto de Vasco Gouveia de Figueiredo - (O "PALÁCIO FOLGOSA" onde funcionavam alguns serviços da C.M.L.)   in  AML 
 Rua da Palma - (1958) - ( O "HOTEL MUNDIAL" localizado na "Praça Martim Moniz" em Lisboa, inicialmente com entrada pela "RUA DA PALMA")  in  RESTOS DE COLECÇÃO
 Rua da Palma - (2012) - (A fachada Norte do "HOTEL MUNDIAL" virada para a "Praça Martim Moniz")   in   RESTOS DE COLECÇÃO
 Rua da Palma - (1958) - ( Símbolo usado pelo "HOTEL MUNDIAL" nas etiquetas de bagagem dos seus clientes)  in   RESTOS DE COLECÇÃO 
Rua da Palma - (1958-12-03) - (Publicação do anúncio dos intervenientes que colaboraram na Construção e Equipamentos, não faltando a referencia que o "HOTEL MUNDIAL" está instalado em edifício pertencente  à Companhia de Seguros Mundial)   in  RESTOS DE COLECÇÃO


(CONTINUAÇÃO) - RUA DA PALMA [ VIII ]

«O PALÁCIO FOLGOSA E O HOTEL MUNDIAL»

O "PALÁCIO FOLGOSA" foi mandado construir em 1893 por "ANTÓNIO DE SOUSA E SÁ" 1º. CONDE DE FOLGOSA, nascido em PONTE DA BARCA a 9 de Maio de 1843, e faleceu em LISBOA a 23 de Maio de 1923, era filho de AGOSTINHO ANTÓNIO DE SÁ, proprietário, e de sua mulher "D. ROSA MARIA DE SOUSA".


"ANTÓNIO DE SOUSA E SÁ" grande proprietário e lavrador, casou com a filha herdeira dos "BARÕES DE FOLGOSA", já "CONDESSA DE GERAZ DO LIMA", "D. JÚLIA SOFIA DE ALMEIDA BRANDÃO E SOUSA" de quem foi o seu 3.º marido.

Filha do 1.º BARÃO DE FOLGOSA, por herança, possuía esta senhora vários terrenos, hortas e jardins, que se estendiam desde o SOCORRO até ao DESTERRO, onde se construiu em 1887, o "REAL COLISEU DE LISBOA", demolido em 1926.

A CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA, adquiriu este PALÁCIO, para rectificação da "RUA DA PALMA" e em obediência à urbanização. Esta operação, encurtou a frontaria do Edifício, sacrificando assim, a principal sala do PALÁCIO.
Este sofreu então outras obras de adaptação às funções públicas ali instaladas, perdendo interiormente o interesse. Hoje há apenas a assinalar neste edifício de quatro pavimentos, o frontal guarnecido de "pilastras", coroadas de "pinázios", e o pátio interior quadrado, com faces correspondentes às duas aulas do edifício. No interior, o átrio é simples, com tecto de estuque em rosetas e chão de lajes, tendo à esquerda, um nicho com uma escultura sem interesse.

HOTEL MUNDIAL

O "HOTEL MUNDIAL", localizado na "PRAÇA MARTIM MONIZ" e "RUA DA PALMA" em LISBOA, teve a sua inauguração a 3 de Dezembro de 1958. A "SOCIEDADE HOTELEIRA DE TURISMO-SOTELMO" é a proprietária do HOTEL, o edifício  foi projectado pelos arquitectos; PARDAL MONTEIRO e ELÍSIO SUMAVIELLE. Inicialmente idealizado para ser a SEDE da "COMPANHIA DE SEGUROS "A MUNDIAL", veio a ser adaptado para HOTEL, continuando como propriedade de Companhia de Seguros.
O empreendimento possuía no início 150 quartos com casa de banho privativa, Telefone, Rádio, TV e Ar condicionado, isto em finais de 1958. Era apetrechado com dois bares; o "BAR AMERICANO" no rés-do-chão e o "BAR ORIENTAL" instalado no terraço com solário ajardinado.
Teve várias fases de remodelações e ampliações ao longo de vários anos, tendo a última sido realizada em MAIO de 2004. Com uma oferta actualmente de 350 quartos, incluindo 3 "suítes" e 5 júnior "suítes".
A Empresa "SOTELMO, S.A." continua sendo a proprietária deste empreendimento do "HOTEL MUNDIAL" de 4 estrelas, dispõe de dois Restaurantes; o "VARANDA DE LISBOA" no 8.º andar, com uma magnifica vista panorâmica sobre a cidade de LISBOA, e o "JARDIM MUNDIAL", no primeiro piso. Possui seis salas adaptadas principalmente para reuniões. Existe ainda um BAR e uma CAVE DE VINHOS, com visitas guiadas aos seus clientes, dispondo de credenciados Escanções.
Em Abril de 2012  a "SOTELMO" adquiriu  o "HOTEL PORTUGAL", que se situava ao lado do "HOTEL MUNDIAL", na parte renovada da "PRAÇA MARTIM MONIZ". Representando um investimento para mais de dez Milhões de Euros, a "SOTELMO", abriu no segundo semestre desse ano, com a classificação de "HOTEL" com quatro estrelas. O novo acrescento ao "HOTEL MUNDIAL" terá mais 54 quartos, bar e sala de pequenos-almoços e vai igualmente usufruir dos serviços de estacionamento e restaurantes.

(CONTINUA)-(PRÓXIMO)«RUA DA PALMA [ IX ] O REAL COLISEU DE LISBOA»  
Enviar um comentário