sábado, 26 de agosto de 2017

PRAÇA DA ITÁLIA [ II ]

«AS SANTAS TROCAS ENTRE ROMA E LISBOA»
 Praça da Itália - (2013)  -  (A "IGREJA DE Nª. SENHORA DO LORETO" ou "IGREJA DOS ITALIANOS" no LARGO DO CHIADO, recuperada depois de 1755, segundo projecto de JOAQUIM ANTÓNIO DOS REIS ZUZARTE, depois substituído por JOSÉ DA COSTA E SILVA) in   CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

Praça de Itália -  ( 2016)   - (Panorâmica mais aproximada da "Praça de Itália" com a Capelinha de São Jerónimo bem visível)   in   GOOGLE EARTH
 Praça de Itália  -  ( 2016 )   -  (A "PRAÇA DE ITÁLIA", no lado esquerdo a escadaria que dá acesso à "CAPELA DE SÃO JERÓNIMO")    in    GOOGLE EARTH
 Praça de Itália  -  (2016)  -  ( A "PRAÇA DE ITÁLIA" quase na sua totalidade no ALTO DO RESTELO)   in   GOOGLE EARTH
 Praça de Itália - (Século XVII)  -  (Os Santos Mártires- VERÍSSIMO e sua irmãs MÁXIMA e JÚLIA. Podem ser vistos neste belo conjunto dos três Santos, apresentados em trajes de romeiros, exposta ao culto na Igreja do extinto MOSTEIRO de SANTOS-o-VELHO em Lisboa)  (ABRE EM TAMANHO GRANDE)  in  HEROÍNAS DA CRISTANDADE
Praça da Itália -  (1968) - Foto de João Nunes  -  ("IGREJA DO LORETO" no antigo "LARGO DAS DUAS IGREJAS" hoje "LARGO DO CHIADO")    in     AML


(CONTINUAÇÃO) - PRAÇA DE ITÁLIA  [ II )

«AS SANTAS TROCAS ENTRE ROMA E LISBOA»

A "ITÁLIA" o país em forma de "bota", fica no SUL DA EUROPA, banhada pelo MAR ADRIÁTICO a Oriente  o MAR JÓNIO  a Sudeste; a Noroeste o MAR DA LIGÚRIA, a Sudoeste o MAR TIRREU e a SUL o MAR MEDITERRÂNEO.
Podemos dizer que a "ITÁLIA" é o berço de escritores como: VIRGÍLIO, DANTE, PETRARCA e BOCACCIO. Na música os italianos estão enriquecidos com os compositores clássicos e mundialmente conhecidos do grande público como: VIVALDI, SCARLATTI, VERDI e ROSSINI.  Mas é na arte que ITÁLIA se notabiliza, através dos PINTORES RENASCENTISTAS como: MIGUEL ANGELO, LEONARDO DA VINCI, BOTTICELLI e RAFAEL.
Nas gastronomia é também famosa, quem não conhece a famosa em todo o mundo a "PIZZA" ou o "ESPARGUETE".
Ainda das "SANTAS TROCAS" dizemos que não terá obviamente a mesma projecção, mas é justo dizer que os primeiros MÁRTIRES ditos de LISBOA nasceram, afinal, em território que hoje é italiano.

Eram três jovens irmãos - VERÍSSIMO,  MÁXIMA  e JÚLIA  -  filhos de um senador, e vieram no principio do século IV da nossa era para LISBOA, então "OLISIPO", e aqui divulgaram o cristianismo. 
Não escaparam, porém, às perseguições ordenadas pelo "IMPERADOR DIOCLECIANO" e acabaram por morrer martirizados à beira do nosso rio TEJO. Terão constituído a primeira prenda de ITÁLIA a LISBOA.

A propósito de "SANTO ANTÓNIO" e da presença ITALIANA em LISBOA, não pode, porém, deixar de fazer-se uma referencia a uma das mais antigas IGREJAS DE LISBOA, há muito dedicada a "NOSSA SENHORA DO LORETO" e edificada no "LARGO DO CHIADO" esquina para a "RUA DA MISERICÓRDIA".
Foi em 1518 que a COMUNIDADE ITALIANA DE LISBOA solicitou que lhe fosse dado um "chão" para erguer uma IGREJA. Foi atendida e o novo templo começou a funcionar em pleno 11 anos mais tarde. No entanto, já no século XV, por ali existir uma ermida dedicada a "SANTO ANTÓNIO". 
Um incêndio destruiu a IGREJA em 1651. Mas a COMUNIDADE ITALIANA não se deixou abater e procedeu à reconstrução, concluída em 1676, com uma  belíssima sacristia construída entre 1703 e 1706 e que, milagrosamente veio a escapar ao terramoto de 1755. O mesmo não aconteceu com o resto do templo, que veio a ser reerguido de novo. O interior, de uma só nave, contém, como seria timbre de uma IGREJA  "dos ITALIANOS", múltiplas manifestações de arte; um "SÃO FRANCISCO DE PAULA", pintado por "LAMBRUZZI"; uma "SENHORA DO CARMO", obra de "ROSSI"; uma "DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO", quadro de "TAGLIAFICO", e tantos mais.

(CONTINUA)-(PRÓXIMO)«PRAÇA DE ITÁLIA [ III ] OS ITALIANOS EM LISBOA NOS SÉCULOS XIX E XX». 
Enviar um comentário