quarta-feira, 27 de setembro de 2017

RUA TOMÁS ALCAIDE [ V ]

«EM PORTUGAL PARA REPRESENTAR E ENCENAR ÓPERAS»
 Rua Tomás Alcaide  -  (2016)  -  (Um troço da "RUA TOMÁS ALCAIDE" no BAIRRO DAS AMENDOEIRAS na freguesia de MARVILA)    in    GOOGLE EARTH
 Rua Tomás Alcaide -  (1930)  -  (Cartaz da Columbia, anunciando os primeiros discos de "TOMÁS ALCAIDE" - "O maior tenor lírico do Mundo" em Setembro de 1930)  in  TOMÁS ALCAIDE
 Rua Tomás Alcaide - (1936) - Foto de Silva Nogueira  -  (Tomás Alcaide cantando a ópera "MANON" de "MASSENET" na ária "Ah! dispar vision" no segundo semestre de 1936)  in  TOMÁS ALCAIDE
 Rua Tomás Alcaide - (1963)  -  (Foto de "TOMÁS ALCAIDE" nesta ocasião já era encenador na "COMPANHIA PORTUGUESA DE ÓPERA" no TEATRO DA TRINDADE da antiga FNAT)  in  INFOPÉDIA
 Rua Tomás Alcaide - (1963) - Foto de Luís Mendes  -  (O elenco de "A CANÇÃO DO AMOR", opereta com música de FRANZ SCHUBERT: LUÍS FRANÇA, NATÁLIA VIANA, FERNANDO SERAFIM, ANA LAGOA, TOMÁS ALCAIDE, MARIA SUSANA MATOS, ÁLVARO MALTA, VASCO GIL, GUILHERME KJÖLNER, JOÃO VELOSO(nosso colega do coro da ex-FNAT) e MANUEL LEITÃO, no TEATRO DA TRINDADE, "COMPANHIA PORTUGUESA DE ÓPERA" em Julho)   in   TOMÁS ALCAIDE
 Rua Tomás Alcaide  -  (1963) - Foto de Luís Mendes  -  (TEATRO DA TRINDADE com o elenco da ópera "LA BOHÉME": MÁRIO OLIVEIRA, JOÃO ROSA, HUGO CASAIS, CRISTINA MARIA DE CASTRO, TOMÁS ALCAIDE (encenador), MARIA ANDREIA GASPAR, ÁLVARO MALTA e MANUEL LEITÃO).  in  TOMÁS ALCAIDE
Rua Tomás Alcaide  -  (1991)   -  (Rosto do CD  "IL MITO DELLÓPERA" onde "TOMÁS ALCAIDE" tem quinze faixas gravadas)  in   DO TEMPO DA OUTRA SENHORA

(CONTINUAÇÃO) - RUA TOMÁS ALCAIDE [ V ]

«EM PORTUGAL PARA REPRESENTAR E ENCENAR ÓPERAS»

No ano seguinte é interprete da opereta "JUSTIÇA DE SUA MAJESTADE" com música de RAÚL FERRÃO, ANTÓNIO MELO e FREDERICO VALÉRIO. Em 1953 estreia-se no Teatro declamado na peça "AS MULHERES DE QUEM SE FALA" de VITOR RUIZ IRIARTE. Em 1955 entrará ainda na peça "SUA ALTEZA REAL" de RAMADA CURTO.
No início da década de 60, "TOMÁS ALCAIDE" realizou diversas conferências, publicou a sua autobiografia, intitulada "UM CANTOR NO PALCO E NA VIDA", colaborou em programas de Rádio e dirigiu a "ESCOLA DE CANTO" do "TEATRO DA TRINDADE"(que a ex-FNAT tinha adquirido em 1962 por cerca de oito mil contos, sendo nomeado para Director o Dr. JOSÉ SERRA FORMIGAL, também ele um conhecido melómano com formação musical, que viria a revolucionar aquele espaço de cultura). "TOMÁS ALCAIDE" acumulará assim os cargos de mestre de canto e de encenador (da recente criada) "COMPANHIA PORTUGUESA DE ÓPERA". Foi com a ÓPERA "LA BOHÉME" de PUCCINI, que se estreou como encenador,  aque se seguiram muitas outras, como "RIGOLETTO" , "TRAVIATA" de VERDI e "O AMIGO FRITZ" de MASCAGNI.
No ano de 1964 "TOMÁS ALCAIDE" volta a adoecer, em 28 de Abril de 1966 regressa ao TEATRO DA TRINDADE para iniciar o trabalho de encenação do "RIGOLETTO", que será representado a 4 de Maio. A 20 do mesmo mês  é apresentada a ópera "LUCIA DI LAMMERMOOR" de DONIZETI (1797-1848), com encenação de "TOMÁS ALCAIDE". Em 28 de Abril de 1967 é inaugurada a 3ª temporada de ÓPERA da "COMPANHIA NACIONAL DE ÓPERA" do TEATRO DA TRINDADE e uma grande homenagem prestada a "TOMÁS ALCAIDE".
A 15 de Julho é representada "LA BOHÉME" e a 18 de Julho "WERTHER" ambas com encenação de "TOMÁS ALCAIDE". Preparava a ópera "MANON" de MASSENET (1842-1902) quando a morte o surpreendeu a 9 de Novembro de 1967, tendo falecido na sua residência na AVENIDA INFANTE SANTO,361-3º  em LISBOA.

A TÍTULO DE HOMENAGEM
"TOMÁS ALCAIDE" tenor lírico com grande facilidade no registo agudo, o que o aproxima do tipo do "tenore di grazia", "ALCAIDE" inseria-se na escola italiana de final do século XIX e princípio do século XX. A sua voz, possuía um timbre suave e aveludado. "TOMÁS ALCAIDE" nas suas representações interessava-se particularmente pelos aspectos visuais da composição da personagem, como a escolha dos trajes, ou a caracterização, sem descuidar a construção psicológica das personagens que interpretava. 
No "CORREIO DA MANHÃ" aquando do lançamento do livro "TOMÁS ALCAIDE(1901-1967) da autoria de Dr. MÁRIO MOREAU, referia que: "TOMÁS ALCAIDE" ocupa no panorama lírico português grandeza a par de uma "LUIZA TODI" de uma "JUDICE" ou de uma "PACINI" de um "BENSAÚDE" ou dos "ANDRADES". Isto é já dizer muito, pois nesta afirmação está evidentemente implícito que ele foi  dos maiores artistas líricos da sua época. Julgo ter feito, nos seus traços essenciais, um retrato artístico e humano de "TOMÁS ALCAIDE". Creio que poderei concluir dizendo, em síntese , que ele ocupou um lugar da primeira linha entre os maiores artistas líricos da sua época, que sempre exerceu a sua arte com inteira dedicação e dignidade, e que foi um homem de bem em todos os actos da sua vida".

O seu nome faz parte da toponímia de vários Concelhos: ALMADA (freguesia da Sobreda); AMADORA; ESTREMOZ; ÉVORA: LISBOA(freguesia de Marvila); OEIRAS (Freguesia de Linda.a.Velha): SEIXAL (freguesia de CORROIOS e FERNÃO FERRO); SINTRA (Freguesia do Algueirão-Mem Martins).  [ FINAL ]

BIBLIOGRAFIA

- ACTAS DA COMISSÃO MUNICIPAL de TOPONÍMIA DE LISBOA 1943/1974-Ed. CML-Concepção da edição de Agostinho Gomes-PAULA MACHADO - Rui Pereira- Teresa Sancha Pereira - 2000 - LISBOA.
- ANUÁRIO RADIOFÓNICO PORTUGUÊS- Org de ÁLVARO DE ANDRADE, Constantino de Figueiredo e ÁLVARO SALEMA - Ed. RÁDIO SEMANAL - Sup. do "JORNAL DO COMÉRCIO E DAS COLÓNIAS" - 1938 - LISBOA.
- CANTORES DE ÓPERA PORTUGUESES de MARIO MOREAU . BERTRAND EDITORA - VOLUME II e III - 1987 e 1995 - LISBOA.
- DICIONÁRIO DA HISTÓRIA DE LISBOA- Dir. de Francisco Santana e Eduardo Sucena- 1994 - LISBOA.
- PARA A HISTÓRIA DOS TEMPOS LIVRES EM PORTUGAL da FNAT à INATEL (1935-2010) de José Carlos Valente - Colibri - 2010- LISBOA.
- PLANO DE URBANIZAÇÃO DE CHELAS (1965) - CML - Gabinete Técnico de Habitação - 1981 - LISBOA.
- PORTUGAL SÉCULO XX - PORTUGUESES CÉLEBRES . Cood. Leonel de Oliveira - Ed. do Círculo de Leitores - 2003 - LISBOA.
- TOMÁS ALCAIDE (1901-1967) de Mário Moreau - Hungin Ed. 2001- LISBOA.
- VIDAS DE GRANDES COMPOSITORES - de HENRY THOMAS e DANA LEE THOMAS - ED. LIVROS DO BRASIL, LDA - Col. VIDAS CÉLEBRES - 1960 - LISBOA.

INTERNET



(PRÓXIMO)«TRAVESSA DO RECOLHIMENTO LÁZARO LEITÃO[ I ]-O REC. LÁZARO LEITÃO E SEU ENQUADRAMENTO».

Enviar um comentário