sábado, 17 de fevereiro de 2018

ESTRADA DE CHELAS [ III ]

«DA ESTRADA DE CHELAS À QUINTA DO LAVRADO( 2 )»
 Estrada de Chelas - (1998) Foto de António Sachetti  - (Edifício na "QUINTA DO LAVRADO" na ESTRADA DE CHELAS, muito próximo ao viaduto ferroviário do LAVRADO. Antigo Palácio com belíssima fachada  corrida de tendência BARROCA, que a C.M.L. restaurou ultimamente.)  in  CAMINHO DO ORIENTE I
 Estrada de Chelas -  ( 1998) - Foto de António Sachetti  -  (Fachada da entrada principal do PALÁCIO, que era atribuído aos VISCONDES de FONTE ARCADA )  in  CAMINHO DO ORIENTE I
 Estrada de Chelas - (2017)  - (O edifício do antigo "PALÁCIO DO LAVRADO" que hoje pertence à C.M.L., mantendo um aspecto bastante agradável)   in  GOOGLE EARTH
 Estrada de Chelas  - ( 2017 ) - (Fachada do antigo "PALÁCIO DA QUINTA DO LAVRADO", visto de Norte para Sul)  in   GOOGLE EARTH
 Estrada de Chelas - (1961-05) - Foto de João Goulart  -  (O "PALÁCIO DA QUINTA DO LAVRADO", quando existia o "PÁTIO DO LAVRADO", seguindo-se o "VIADUTO DO LAVRADO" na Estrada de Chelas)   in    AML 
Estrada de Chelas  - (1961)  foto de Artur João Goulart  -  (A "ESTRADA DE CHELAS" na sua parte Poente e no início do empedrado,  junto das traseiras - no lado direito - do antigo "ASILO MARIA PIA")  in  AML 

(CONTINUAÇÃO)-ESTRADA DE CHELAS [ III ]

«DA ESTRADA DE CHELAS À QUINTA DO LAVRADO ( 2 )»

«A QUINTA DO LAVRADO»
A belíssima fachada "BARROCA", peça de grande relevo de arquitectura Setecentista. Identificada como "QUINTA DOS VISCONDES DA FONTE ARCADA", veio a revelar-se incorrecta tal atribuição por razões já apresentadas. Será possivelmente a CASA  da "QUINTA DOS CONDES DE VIMIEIRO", embora carecer de mais confirmação.

O edifício revelando um refinado manuseamento das várias componentes que equilibram a fachada. Tendo esse equilíbrio um jogo muito subtil entre três corpos que se articulam em convexo, contrariando-se o número ímpar desses corpos pela afirmação decidida rigorosamente simétrico dos pares de aberturas: seis em cada piso nos corpos laterais e seis no central, correspondendo neste, duas delas aos portais de acesso.
O "PISO NOBRE" e, sobretudo, pela conjugação do desenho refinado das cantarias que ligam os portais à janela  superior e estas às pedras de armas, realçadas numa simbólica curva desenhada na cornija, elemento dinâmico que ondula e anima todo o conjunto.

O "PALÁCIO DO LAVRADO", actualmente o seu espaço envolvente é ocupado pela "ETAR" -(Nereida) - ( 1 ) -, ou seja "ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DE CHELAS". Tendo a sua parte traseira circunscrita por uma vedação de rede aramada.
Ainda nos anos 50 do século XX, naquele "PALÁCIO" se acomodavam algumas famílias de condição pobre no "NOBRE EDIFÍCIO" setecentista de tão precário e decadente que se encontrava, possivelmente faria a indignação dos seus antigos proprietários, fossem eles os "VISCONDES DE FONTE ARCADA" ou  os "CONDES DE VIMIEIRO".
O MUNICÍPIO DE LISBOA resgatou o edifício, restaurou-lhe a bela fachada corrida de tendência "BARROCA".  E o que antes fora o "PÁTIO DO LAVRADO" (que chegámos a conhecer) passou de novo a ser "PALÁCIO DO LAVRADO"(Ver mais aqui...), isto é, a edilidade notabilizou-o por um lado, mas utilizou-o por outro.
Em 25 de Novembro de 2016 a CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA terá aprovado a constituição de um novo direito de superfície sobre o prédio MUNICIPAL da "ESTRADA DE CHELAS"  com os números 113-127, para as instalações sociais da "FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL" e a anulação de direito de superfície da parcela na "QUINTA DO NARIGÃO" que detinha desde 1993. A superfície a favor da "FAP" sobre a futura fracção autónoma a constituir no edifício sito na "ESTRADA DE CHELAS", 113 a 127 (PALÁCIO DO LAVRADO), pelo prazo de 50 anos.

Junto da ETAR - (Nereida) no lado Sul, vamos encontrar o espaço da extinta fábrica de malhas de "INÁCIO DE MAGALHÃES BASTO & CIA (também conhecida pela "FÁBRICA DO  MAGALHÃES",  cujas instalações foram também recuperadas pela C.M.L. e nelas instalou um departamento camarário.

- ( 1 ) - Nereida- (gr. nereis) Zool. Género de anelídeos poliquetas errantes, espalhados por todos os mares [Fonte: Dic. LELLO].

(CONTINUA)-(PRÓXIMO)«ESTRADA DE CHELAS [ IV ] DA ESTRADA DE CHELAS À QUINTA DA CONCEIÇÃO».
Enviar um comentário