sábado, 30 de junho de 2018

JARDINS DE LISBOA COM NOMES DE PESSOAS [ IV ]

«JARDIM BRAACAMP FREIRE-CAMPO MÁRTIRES DA PÁTRIA-CAMPO SANTANA --  JARDIM MARCELINO MESQUITA OU JARDIM DAS AMOREIRAS ( 4 )»
 Jardim Braancamp Freire -  (2009 )  -  (Panorâmica do Jardim no Campo Mártires da Pátria, Jardim Santana ou Jardim Braancamp Freire)  (ABRE EM TAMANHO GRANDEin RUAS DE LISBOA/WIKIPÉDIA
 Jardim Braancamp Freire  - (2008)  - Foto de Dias dos Reis   - (Jardim Braancamp Freire no Campo Martires da Pátria  - antiga freguesia da Pena, hojE freguesia de ARROIOS)  in   DIAS DOS REIS/RUAS DE LISBOA
 Jardim Braancamp Freire - (2008)   Foto de Manuel Correia  - (Um aspecto do Jardim do Campo dos Mártires da Pátria ou Jardim do Campo Santana)  in  WIKIPÉDIA/AGENDA CULTURAL DE LISBOA
 Jardim Mesquita Machado - (2013)  -  (Jardim das Amoreiras também conhecido por Jardim MESQUITA MACHADO na freguesia de SANTO ANTÓNIO)  in      LISBON SHOPING DESTINATION
Jardim das Amoreiras - ( 2018)  -  (Jardim Mesquita Machado embora também conhecido pelo "JARDIM DAS AMOREIRAS na freguesia de SANTO ANTÓNIO)   in SITIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA


(CONTINUAÇÃO) - JARDINS DE LISBOA COM NOMES DE PESSOAS [ IV ]

«JARDIM BRAANCAMP FREIRE - CAMPO MÁRTIRES DA PÁTRIA - JARDIM DO CAMPO DE SANTANA -- JARDIM DE MESQUITA MACHADO OU JARDIM DAS AMOREIRAS ( 4 )»

Vamos hoje falar do "CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA" ao qual muito boa gente ainda chama "CAMPO DE SANTANA", mas cujo JARDIM foi destinado ao nome de JARDIM BRAANCAMP FREIRE, evocando o cidadão liberal "ANSELMO BRAANCAMP FREIRE, existindo desde 1833.
O Jardim situado na metade sul do "CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA", na freguesia de ARROIOS (antiga freguesia da PENA) possui uma área de 1,3 ha, com um traçado orgânico, no centro de LISBOA. JARDIM abrigado, com abundância sombra, dominado por árvores, algumas classificadas como exemplares de interesse  público público, distribuídas por 52 famílias, as espécies que constituem o JARDIM são originárias dos sete reinos fitogeográficos e de treze regiões, sendo as mais numerosas provenientes da região Mediterrânica e da ÁSIA ORIENTAL (China, Coreia, Japão e Formosa).
O JARDIM situado no CENTRO ORIENTAL DE LISBOA, no topo de uma COLINA interflúvio dos vales onde se encontram as "AVENIDAS"; "DA LIBERDADE", a Ocidental, e a "ALMIRANTE REIS" a ORIENTE.
Possui uns lagos, uma esplanada e alguma estatuária. No espaço ajardinado encontramos árvores classificadas e aves exóticas. Na metade do "CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA" fica localizado um campo poli-desportivo ao ar livre e um parque infantil.
No GUIA DE PORTUGAL de 1924 informava em relação a este sítio: "foi matadouro de gado (desde o séc. XVI), CAMPO DA MORTE dos conjurados aliados do General GOMES FREIRE (1817), PRAÇA DE TOUROS (até ao fim do séc.XIX) e depois JARDIM num traçado romântico, com canteiros relvados, e lagos para peixes,  patos diversos, galinhas, pavões e pombos, emprestando ao JARDIM a mobilidade que a vida vegetal não tem".
Actualmente encontra-se equipado com casa de apoio aos jardineiros, bancos, mesas, bebedouros, um restaurante,  parque infantil e campo desportivo, criado no sector a Norte da "ALAMEDA SANTO ANTÓNIO DOS CAPUCHOS" que atravessa transversalmente o JARDIM.  Destaca-se na estatuária o busto de bronze, com pedestal em pedra de "GARCILASO DE LA VEGA" conhecido como "O INCA". Esta obra foi executada por "MIGUEL BACA ROSSI", em 1980. Monumento oferecido pela Republica do PERU à Cidade de LISBOA em homenagem da NAÇÃO PERUANA A PORTUGAL, inaugurada em 8 de Fevereiro de 1984. Além do busto vamos encontrar na entrada NOROESTE DO JARDIM , uma placa comemorativa em memória do "GENERAL GOMES FREIRE" e dos seus conjurados.  Conta-nos ainda "JÚLIO CÉSAR MACHADO" no seu livro, que no "CAMPO DE SANTA ANA" existiu uma "FEIRA DA LADRA",  as bancas dos feirantes ficavam bem perto da PRAÇA DE TOUROS (o espaço eram usado em dias que não havia corrida de touros).
-- // --
O outro JARDIM que tem no "bilhete de identidade" o nome de um escritor teatral português natural do CARTAXO; "MARCELINO MESQUITA" é o "JARDIM DAS AMOREIRAS".
Situado na "PRAÇA DAS AMOREIRAS" na freguesia de "SANTO ANTÓNIO"  (antiga freguesia de "SÃO MAMEDE"). Neste pequeno JARDIM podemos apreciar várias espécies de árvores diferentes, com destaque os belos exemplares de "TÍLIAS" e um bonito conjunto de "GINKGOS", entre outras, tendo como equipamento um parque infantil e um quiosque com esplanada.
Conhecido mais por o  "JARDIM DAS AMOREIRAS", nome que deriva da abundância desta espécie. Foi arborizado em 1771, a mando do MARQUÊS DE POMBAL com 331 AMOREIRAS, na intenção de fomentar a INDUSTRIA PORTUGUESA DE SEDAS.  Hoje é um tranquilo "JARDIM DE BAIRRO", com o seu parque infantil e outro equipamento, rodeado de casas setecentistas. "Noutros tempos" neste espaço realizava-se a "FEIRA DAS AMOREIRAS", de onde saia a matéria prima para a alimentação do "BICHO-DA-SEDA" indispensável para a laboração da "REAL FÁBRICA DA SEDA".[FINAL desta série]

BIBLIOGRAFIA

- AS NOVAS RUAS DE LISBOA - 102 Topónimos (1998/2001) autores -PAULA MACHADO e TERESA SANCHA PEREIRA. EDIÇÃO DA C.M.L. - 2002 - LISBOA
- DICIONÁRIO BOTÂNICO - de João Cayolla Tierno - Ed. TERTÚLIA EDÍPICA DE LISBOA- 1958 - LISBOA.
- DICIONÁRIO DA HISTÓRIA DE LISBOA - Coord. Francisco Santana e Eduardo Sucena - 1994 - LISBOA
- GUIAS DE LISBOA - A FEIRA DA LADRA - Col. Dir. por Marina Tavares Dias - IBIS Editora-1990 - LISBOA.
- LISBOA DESAPARECIDA - MARINA TAVARES DIAS - VOL. 3 - QUIMERA-1992-LISBOA
- OLHARES DE PEDRA - ESTÁTUAS PORTUGUESAS - Editor João Fragoso Mendes - 2004- LISBOA.

INTERNET


(PRÓXIMA)«RUA DE SÃO JOÃO DA MATA»[ I ] "RUA DE SÃO JOÃO DA MATA" HABITAÇÃO DE MAGISTRADOS, MINISTROS e DEPUTADOS( 1 )")
Enviar um comentário