sábado, 27 de junho de 2015

CALÇADA DE DOM GASTÃO [ III ]

«A QUINTA LEITE DE SOUSA ( 2 )»
 Calçada de Dom Gastão - (2005) Foto de APS  (Cunhal do palácio da "Quinta Leite de Sousa". A parte inferior em cantaria rusticada corresponde ao  edifício inicial, depois acrescentado com o arranjo mais tardio do piso nobre, com o Cunhal agora talhado em cantaria lisas, sem ter havido portanto qualquer vontade de conformar a parte ao gosto preexistente)  in ARQUIVO /APS 
 Calçada de Dom Gastão - (2005) - Foto de APS ( A "ESCOLA PRIMÁRIA Nº 20" dentro da Vila "MARIA LUÍSA" no antigo Palácio do Grilo)  in  ARQUIVO/APS
 Calçada de Dom Gastão - ( 2007 ) - (Panorâmica com pormenor da área envolvente das duas propriedades que começam a Sul do Bairro de Madre de Deus e finaliza no Tejo, agora compreendida pela Rua da Manutenção)  in   GOOGLE EARTH
 Calçada de Dom Gastão (2015) Foto gentilmente cedida pelo amigo RICARDO MOREIRA (Fachada sobre o pátio "Quinta Leite de Sousa" arranjo da segunda metade do século XVIII. Notam-se as duas janelas cegas correspondentes a duas paredes mestras mais antigas, evidenciando o carácter do arranjo palaciano que sofreu esta Quinta, também chamada de "Quinta do Grilo") in ARQUIVO/APS
Calçada de Dom Gastão - (2015) - Foto gentilmente cedida pelo amigo RICARDO MOREIRA (A parte do antigo "Palácio do Grilo" mais a poente na "Quinta Leite de Sousa" na "Vila Maria Luísa". Podemos  ver no 2º andar que nesta altura ainda funcionava o "EXTERNATO CAMILO CASTELO BRANCO") in   ARQUIVO/APS

(CONTINUAÇÃO) - CALÇADA DE DOM GASTÃO [ III ]

«A QUINTA LEITE DE LOUSA ( 2 )»

"PASTOR DE MACEDO" refere o «PÁTIO DE LUÍS SIDE» (1724) e o «PÁTIO DO SIDE» (1738), ano, em que ali morreu o abade "JOSÉ MOURA" ( 1 ).
Os bens de "Luís CID" passaram para sua irmã, "D. CONSTANÇA DA SILVA AZEVEDO E CASTRO, 5.ª SENHORA DE "LAGOA DO CARMO", no ALGARVE, casada com "FERNÃO LEITE DE SOUSA MATOS, 9.º SENHOR DO MORGADO DE "NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA". O neto destes, "FERNÃO LEITE DE SOUSA" sargento-Mor de LISBOA, em 1748 já vivia "na sua Quinta do sítio do Grilo" ( 2 ), natural da AMEIXOEIRA (1717) e habilitado pelo "SANTO OFÍCIO" ( 3 ), por ,morte da avó "DONA CONSTANÇA" - legítima administradora dos quartos morgados que instituíram o reverendo cónego "ANTÓNIO DE ALMEIDA", "D. MARIA DE AZEVEDO", "D. INÊS MARIA DA SILVA" e "LOPO ROIZ DE ALMEIDA ( 4 ) - ficou como administrador da casa, apesar da oposição de seu tio mais novo, JOSÉ LEITE DE SOUSA. Receoso que esta ( ...) "se utilizasse dos seus rendimentos despedira logo alguns soldados do seu regimento a cobrar com alguma violência todos os caídos que se achassem na província do "ALÉM TEJO", onde estavam as mais fazendas dos ditos morgados. Entre os bens do morgado encontravam-se (... ) umas casas Nobres na sua QUINTA DO GRILO ( ... ) cujas casas precisavam de muito reparos e juntamente de lhes acrescentar mais três casas e outras obras de que necessitavam para acomodação do suplicante e sua família ( 5 ).
Para conseguir realizar as obras, uma vez que se encontrava sem meios, contratou-se com os mestres JOÃO DUARTE, pedreiro e MANUEL LUÍS DA COSTA, carpinteiro, consignando-lhes Duzentos mil réis anuais nos rendimentos da Quinta, e mais bens do morgado (1747). Igualmente levaram obras as casas pequenas que ficaram à face da RUA. É possível que o pintor-dourador "BERNARDO DA COSTA BARRADAS" tenha trabalhado nas CASAS DO GRILO, uma vez que no testamento (1747) afirma ser credor de "FERNÃO LEITE DE SOUSA ( 6 ) .
Esta propriedade, de dimensões consideráveis - estendendo-se até ao PALÁCIO OLHÃO e à ILHA DO GRILO - era constituída por casas grandes dentro do pátio, cocheira, estrebaria, dois quartos nobres e um pequeno, mais de duas dezenas de lojas, um armazém e a Quinta, composta por horta, parreiras e terras de pão ( 7 ) , por vezes arrendada. Na década de sessenta um dos quartos nobres esteve arrendado ao desembargador " FRANCISCO XAVIER DE ASSIS PACHECO". No ano de 1801 era arrendatário da QUINTA e dois quartos nobres, por quinhentos mil réis, "FRANCISCO DE MELO COGOMINHO",  servido por 4 criados de  escada de cima, 1 cozinheiro, 1 moço de cozinha, i moço de copa, 5 criados de escada abaixo 2 carruagens ( 8 ) .
A "FERNÃO LEITE DE SOUSA" sucedeu (1799) sua filha natural. 1.ª VISCONDESSA DE CONDEIXA, pelo casamento com "PEDRO ATAÍDE E MELO", que viveram no GRILO. Sem geração, caiu a casa em (1829) na posse de uma prima, 10.ª senhora de TAVAREDE  e das LEZÍRIAS DE BUARCOS - Sucessora no Morgado de Nª. SENHORA DA ESPERANÇA EM SANTARÉM - e mãe do 1.º CONDE E BARÃO DE TAVAREDE, "JOÃO DE ALMADA E QUADROS".
Manteve-se a CASA DE TAVAREDE na posse da "QUINTA DO GRILO" durante a maior parte do século XIX. Antes da viragem do século estava a propriedade transformada - de acordo com o nome dos proprietários  -  na VILA ZENHA, depois VILA MARIA LUÍSA, que juntamente com a instalação de uma escola pública (ESCOLA PRIMÁRIA nª 20) e de um colégio privado "EXTERNATO CAMILO CASTELO BRANCO", descaracterizaram por completo os interiores das antigas casas nobres.

- 1 - IAN/TT, RP, Santa Engrácia Óbitos, cx. 26, Lº., 3, fls. 156 e Lº., 4, Fl. 130.
- 2 - IAN/TT, CN, C-12B, cx. 65, Lº., 647, fls. 20-21v.
- 3 - IAN/TT, HSO, Mç. 2 dil. 37.
- 4 - IAN/TT, Chancelaria de D. João V, Lº., 98, fls. 22v-229.
- 5 - IAN/TT, Chancelaria de D. João V, Lº., 117. fls 37v- 38.
- 6 - IAN/TT, RGT, Lº., 240 fls. 124v-127v.
- 7 - AHTC, DC, Santa Engrácia Arruamentos. Mç. 430.
- 8 - AHTC, DC, Santa Engrácia Arruamentos. Mç. 449.

SIGLAS

IAN/TT - Instituto de Arquivos Nacionais/Torre do Tombo.
AHTC - Arquivo Histórico do Tribunal de Contas.
CN - Cartórios Notariais
DC - Décima da Cidade
RGT - Registo Geral de Testamentos
RP - Registos Paroquiais
HSO - Habilitações do Santo Ofício

(CONTINUA)-(PRÓXIMO)«CALÇADA DE DOM GASTÃO [ IV ] A QUINTA LEITE DE SOUSA ( 3 )».
Enviar um comentário