sábado, 13 de janeiro de 2018

LARGO RAFAEL BORDALO PINHEIRO [ III ]

«O LARGO DA ABEGOARIA E AS CONFERÊNCIAS NO CASINO LISBONENSE»
 Largo Rafael Bordalo Pinheiro - (2014)  -  (Um dos vértices do "LARGO" que liga com a "RUA SERPA PINTO". O prédio à nossa direita era o velho "CASINO LISBONENSE". A foto seguinte é semelhante, só que tem 110 anos de diferença)  in  GOOGLE EARTH
 Largo Rafael Bordalo Pinheiro - (c. 1904) Postal Ilustrado de José Artur Leitão Bárcia -  (O antigo "LARGO DA ABEGOARIA", à direita o Edifício do Casino Lisbonense onde decorreram as CONFERENCIAS DEMOCRÁTICAS em 1871)  (ABRE EM TAMANHO GRANDE)  in  AML 
 Largo Rafael Bordalo Pinheiro - (ant. a 1905) - Foto de autor não identificado -  (RAFAEL BORDALO PINHEIRO já nos finais de sua vida)  (ABRE EM TAMANHO GRANDE in  WIKIPÉDIA
 Largo Rafael Bordalo Pinheiro - (1903) - PARÓDIA Comédia Portugueza Nº. 6 de 18 de Fevereiro de 1903 -  Aqui estamos nós a celebrar o ENTRUDO com pompa, música e dança na companhia do Sr. Conselheiro "CHÉCHÉ" e da sua mimosa comitiva. Diz BORDALO PINHEIRO que estão todos muito divertidos! Pois bem, vamos a isto que "a vida são dois dias e o CARNAVAL são três"!... e nós não queremos perder pitada!)  in  MUSEU BORDALO PINHEIRO
Largo Rafael Bordalo Pinheiro - (1882)  -  (Em "ALBUM DAS GLÓRIAS" Nº. 28-Maio de 1882 - Litografia - (Retratando MANUEL DE ARRIAGA  com a toga de Doutor em Direito) (ABRE EM TAMANHO GRANDEin  FUNDAÇÃO MÁRIO SOARES 


(CONTINUAÇÃO) - LARGO RAFAEL BORDALO PINHEIRO [ III ]

«O LARGO DA ABEGOARIA E AS CONFERÊNCIAS NO CASINO  LISBONENSE ( 1 )»

Em finais de 1869, inicio de 1870, tocava-se todas as noites neste salão, onde a novidade era o "CAN-CAN" que entusiasmava a boémia da época, a célebre "POLKA" dedicada a "BERTA", linda e estonteante bailarina alemã, que actuava no "SÃO CARLOS".
Depois de "CAFÉ CONCERTO" passou a chamar-se  "CASINO LISBONENSE", com os seus bailes de máscaras a obterem grande êxito.
Vamos então falar um pouco das certamente famosas «CONFERÊNCIAS DO CASINO». (Para compreender todo o alcance das "CONFERÊNCIAS" convém notar que se estava então num ano de grandes acontecimentos. No ano de 1871, remate da unificação de ITÁLIA, queda do II IMPÉRIO FRANCÊS, guerra franco-prussiana, Comuna de PARIS.  No plano interno é o ano em que a ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES, fundada em 1864, se estende a PORTUGAL, com a Cooperação de "ANTERO DE QUENTAL"). [FONTE: História da Literatura Portuguesa- pág. 802 e 803].

"JOSÉ MARIA EÇA DE QUEIRÓS"(1845-1900), ao chegar em 1870 a LISBOA, com 25 anos, vindo da pacata LEIRIA, ficou impressionado por um cartaz do "CASINO", onde se anunciavam cançonetas francesas por MADAME BLANCHE, e ma a l sonhava ele quanto o CASINO iria prejudicar a sua carreira de CÔNSUL.
Um dia "JOSÉ FONTANA", um agitador de sangue italiano que foi empregado na "LIVRARIA BERTRAND", tornado companheiro de um idealista - ANTERO TARQUÍNIO DE QUENTAL (1842-1891) - veio alugar a "SOARES ZAGALO" as salas do "CASINO LISBONENSE".
ANTERO, EÇA, SALOMÃO, SARRAGA, LOBO DE MOURA, OLIVEIRA MARTINS e depois RAMALHO e outros, já não podiam conter o seu entusiasmo rebelde condicionado à esterilidade das paredes mudas. A propaganda directa impunha-se. Havia um "PROGRAMA" embora não existisse uma "DOUTRINA".
ANTERO convida TEÓFILO para o grupo inovador e, no dia 22 de Maio de 1871, ANTERO iniciava as «CONFERÊNCIAS DEMOCRÁTICAS» a 100 réis a entrada.

O programa trazia a data de 16 desse mês e era assinado por ANTERO, ADOLFO COELHO, AUGUSTO SOROMENHO, AUGUSTO FUSCHINI, VIEIRA DE MEIRELES, BATALHA REIS, GUILHERME DE AZEVEDO, EÇA DE QUEIRÓS, OLIVEIRA MARTINS, MANUEL DE ARRIAGA, SALOMÃO SARRAGA e TEÓFILO DE BRAGA. A apresentação do programa fez-se na sala do rés-do-chão, mas a concorrência logo aconselhou que fosse escolhido o "SALÃO DE FESTAS".
Em 27 de Maio, o poeta das «ODES MODERNAS» disse a sua conferência - a primeira - sobre as «CAUSAS DA DECADÊNCIA DOS POVOS PENINSULARES NOS ÚLTIMOS TRÊS SÉCULOS».
Estiveram a ouvir "ANTERO" e cerca de quatrocentas pessoas. Existiram reparos, discussões e consultas.  Em 5 de Junho coube a vez a "AUGUSTO SOROMENHO", que discreto sobre «CHATEAUBRIAND e a LITERATURA MODERNA». Atacando os clássicos, não falou em GARRETT. Isto terá impressionado toda a plateia. 

(CONTINUA)-(PRÓXIMO)«LARGO RAFAEL BORDALO PINHEIRO [ IV ] O LARGO ABEGOARIA E AS CONFERÊNCIAS DO CASINO LISBONENSE ( 2 )».

Enviar um comentário