quarta-feira, 6 de setembro de 2017

RUA BARATA SALGUEIRO [ II ]

«A RUA BARATA SALGUEIRO ( 2 )»
 Rua Barata Salgueiro - (2012)  -  Foto de Manuel V. Botelho -  (Sede da Sociedade Nacional de Belas Artes na RUA BARATA SALGUEIRO, 36.  Época das últimas obras (2005) e remodelação da S.N.B.A.)   in   WIKIPÉDIA
 Rua Barata Salgueiro  -  (2012) - Foto de Manuel V. Botelho  -  (A parte lateral do edifício da S.N.B.A. na RUA MOUZINHO DA SILVEIRA)    in    WIKIPÉDIA 
 Rua Barata Salgueiro  -  (2016)  -   (Vista Panorâmica do antigo "BAIRRO BARATA SALGUEIRO" de 1882)   in   GOOGLE EARTH
 Rua Barata Salgueiro  -  (2016)  -  (Cruzamento da "RUA CASTILHO" junto da "RUA BARATA SALGUEIRO" , passando o cruzamento à direita, temos o S.N.B.A.) in  GOOGLE EARTH
 Rua Barata Salgueiro - (1907) -  (Vista da "RUA BARATA SALGUEIRO"  da "AVENIDA DA LIBERDADE". No lado esquerdo o Palacete de "Cipriano José Caleia" na direita o "Palácio de Barata Salgueiro" depois o "BES" hoje NOVO BANCO)  in  A CAPITAL 
 Rua Barata Salgueiro -  (2000)  -  Foto Luís Pavão  -  (A Cinemateca e a antiga Companhia de Seguros Metrópole, S.A, na Rua Barata Salgueiro, 41 um projecto do Arqº. Henrique Lami Tavares Chico)   in   AML 
Rua Barata Salgueiro - ( 1907 ) - Suplemento do Anuário da Soc. dos Arquitectos Portugueses  -  (Palacete do dr. Adrião Antão BARATA SALGUEIRO, risco do Arquitecto Alfredo d'Assunção Machado, demolido no início da década de 70, hoje o espaço do NOVO BANCO)  (ABRE EM TAMANHO GRANDE)   in    HEMEROTECA DIGITAL  

(CONTINUAÇÃO) - RUA BARATA SALGUEIRO [ II ]

«A RUA BARATA SALGUEIRO ( 2 )»

Por extensão, ao bairro circundante durante longo tempo chamou-se de "BAIRRO BARATA SALGUEIRO".
Datam, aliás, da mesma época, (1882) as designações das artérias desse mesmo "BAIRRO":  "ALEXANDRE HERCULANO";  "JÚLIO DE CASTILHO"; "BARATA SALGUEIRO"; "PASSOS MANUEL" (sendo este último logo substituído em 1884 pelo nome de "ROSA ARAÚJO", mudando para a freguesia de ARROIOS.
Foi este BAIRRO um sítio de moda e ainda hoje constitui local de grande prestígio. Ali foram surgindo palacetes particulares, alguns de certo gabarito e: "sólidos prédios de rendimento mas nenhuma edificação digna de relevo, encontramos nesta área do "BAIRRO DE BARATA SALGUEIRO". Isto dizia o mestre "NORBERTO DE ARAÚJO" em 1937 no seu livro XIV "PEREGRINAÇÕES EM LISBOA" página 41. 
No entanto, será justo, porém, fazer referência a algumas modificações surgidas ao longo de alguns anos na "RUA BARATA SALGUEIRO".
Começamos por uma instituição que tem a sua sede exactamente nesta RUA . Fundada há 116 anos, a "SOCIEDADE NACIONAL DE BELAS ARTES", tem como principal objectivo "promover e auxiliar o progresso da ARTE em todas as manifestações". Ganhou justo prestígio e, para além da formação prestada a muitos artistas, nos seus salões tiveram lugar muitas das grandes exposições de "ARTES PLÁSTICAS" realizadas em LISBOA, por onde passaram os maiores nomes da pintura e da escultura portuguesa. 

A sua formação resultou da fusão de duas ASSOCIAÇÕES DE ARTISTAS, a "SOCIEDADE PROMOTORA" (1860) e o "GRÉMIO ARTÍSTICO" (1890, este descendente do "GRUPO LEÃO".  Sendo o seu  primeiro Presidente o pintor "JOSÉ MALHOA".  [Fonte WIKIPÉDIA].

O Edifício da S.N.B.A. tem o risco do "ARQUITECTO ÁLVARO MACHADO", e data do início do século XX, mantendo a sua identidade intacta face à proliferação de imóveis recentemente construídos nesta área.Trata-se de um valioso exemplar do "ecletismo"(1) arquitectónico português, cuja expressão neo-romântica, apesar de simplificada, faz, referência aso "vários revivalismos" que pontuam o panorama arquitectónico do século XIX. 
O edifício da B.N.B.A. conta com uma área de implantação de 1 328,14 metros quadrados, integrando uma zona especial de "Protecção Conjunta" aos imóveis classificados na AVENIDA DA LIBERDADE e área envolvente. Embora esteja classificada como imóvel de interesse municipal.

- ( 1 ) - ECLETISMO . Sistema filosófico formado de elementos colhidos em diversos sistemas; Liberdade ou hábito de preferir o que se julga melhor em Ciência ou ARTE, Literatura ou Política, sem que se siga exclusivamente sistema algum. [ Fonte: DICIONÁRIO DA LÍNGUA PORTUGUESA de JOSÉ PEDRO MACHADO - SOCIEDADE DA LÍNGUA PORTUGUESA - VOLUME II  - 1960  - pág. 1142].

(CONTINUA)-(PRÓXIMA)«RUA BARATA SALGUEIRO [ III ] A RUA BARATA SALGUEIRO ( 3 )».

Enviar um comentário