sábado, 24 de novembro de 2018

RUAS COM NOMES DE JORNALISTAS (5.ª SÉRIE) [ XV ]

«RUA HELENA DE ARAGÃO»
 Rua Helena de Aragão - (2018)   -  (A "RUA HELENA DE ARAGÃO" no "BAIRRO DE SANTA CRUZ DE BENFICA". Possivelmente a pioneira Jornalista em Portugal que teve algumas revistas a seu cargo. Recordando só uma; a revista "EVA")   in   GOOGLE EARTH
 Rua Helena de Aragão  -  ( 2018 )  -  (Panorâmica do "BAIRRO DE SANTA CRUZ DE BENFICA" onde se insere a "RUA HELENA DE ARAGÃO"(JORNALISTA)  in  GOOGLE EARTH


Rua Helena de Aragão  ( 1927)    -  (A Jornalista "HELENA DE ARAGÃO" numa publicação da "ILUSTRAÇÃO")   in    TOPONÍMIA DE LISBOA

Rua Helena de Aragão  -   ( 2018 )   -  (Uma casa para venda na "RUA HELENA DE ARAGÃO" com seu ano de construção 1951)   In    CASA.IOL


(CONTINUAÇÃO)-RUAS COM NOMES DE JORNALISTAS (5.ª SÉRIE) [ XV ]

«RUA HELENA DE ARAGÃO»

A "RUA HELENA DE ARAGÃO" pertence à freguesia de « BENFICA ». Começa na "RUA DR.JOSÉ ALBERTO FARIA", 6 e finda no "PARQUE SILVA PORTO" do "BAIRRO DE SANTA CRUZ DE BENFICA".
Pelo EDITAL de 10 de Abril de 1969 a "RUA-18" do "BAIRRO DE SANTA CRUZ DE BENFICA" passou a consagrar a "RUA HELENA DE ARAGÃO" com a legenda «ESCRITORA E JORNALISTA -1880-1961». 

De seu nome completo "HELENA AUGUSTA TEIXEIRA DE ARAGÃO BREIA" nasceu em LISBOA em 16 de Julho de 1880 e faleceu em LISBOA em 20 de Fevereiro de 1961. A atribuição do nome de "HELENA DE ARAGÃO" foi pedido por carta pela sua filha "ADELAIDE DE ARAGÃO".
Outro género de combates - não exactamente ideológicos - travou esta JORNALISTA E ESCRITORA.
Viveu numa época em que não era comum ver uma mulher escrever para jornais e menos ainda dirigi-los. Mas "HELENA DE ARAGÃO" foi uma das pioneiras do género.
Neta paterna do numismata A. C. TEIXEIRA DE ARAGÃO, casou com "ANÍBAL FERREIRA BREIA". Usou por vezes o pseudónimo "AGARENA DE LEÃO". A partir de 1925 assumiu a Direcção de "MODAS E BORDADOS", publicação feminina (Suplemento do Jornal "O SÉCULO"), de que muito boa gente ainda se recorda, veio mais, tarde a ser fundadora e Directora da revista "EVA", magazine de boa memória que teve entre outras iniciativas, a lembrança de pela primeira vez em PORTUGAL, sortear uma casa pelos seus leitores próximo ao NATAL.
Dirigiu também  a revista "FEMININA". Foi Redactora do Jornal "O MUNDO" (na antiga "RUA DO MUNDO", hoje "RUA DA MISERICÓRDIA"), colaborou ainda no "SÉCULO DA NOITE", "O PRIMEIRO DE JANEIRO", e nas revistas "ILUSTRAÇÃO",  "ILUSTRAÇÃO PORTUGUESA"  e "CIVILIZAÇÃO", tendo sido ainda tradutora da "AGÊNCIA PORTUGUESA DE REVISTAS".

Compôs obras musicais e poéticas. Cultivou a ficção e a literatura infantil. Publicou, em volumes, "SOMBRAS E CLARIDADES" (Contos), "CAMINHOS DA VIDA" (Novela),  "RUÍNAS" e "A FILHA DO MENDIGO" (Romance). Escreve também obras para crianças "O PEQUENO VAGABUNDO", "QUEM NÃO QUER SER LOBO" e "TRAVESSURAS", entre outras.
Devido à sua elevada tenacidade, "HELENA DE ARAGÃO" abriu o caminho para as mulheres trabalharem nos jornais, "ou como hoje se diz..." para os "MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL".

(CONTINUA)-(PRÓXIMO)«RUAS COM NOMES DE JORNALISTAS ( 5.ª SÉRIE) [ XVI ] - A "RUA MANUEL FERREIRA DE ANDRADE" - (PARA FINALIZAR ESTA RONDA DE JORNALISTAS)». 
Enviar um comentário