sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

TRAVESSA DAS MERCÊS

Travessa das Mercês - (actual) Fotógrafo não identificado (Edifício novo no local onde existia a Ermida das Mercês - hoje prédio de habitação funcionando no r/c um posto da PSP) in oceusobrelisboa-blog
Travessa das Mercês, 36-38 - (1968) Foto Armando Serôdio (Palácio Perry de Linde) in AFML

Travessa das Mercês - (1959) Foto Arnaldo Madureira (Junta de Freguesia das Mercês) in AFML


Travessa das Mercês - (Início do século XX) Foto Joshua Benoliel (Capela das Mercês ou Nossa Senhora das Mercês - onde estava o túmulo do Marquês de Pombal) in AFML



Travessa das Mercês - [ s.d.] Foto Augusto de Jesus Fernandes in Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa



A TRAVESSA DAS MERCÊS pertence a duas freguesias. À freguesia da ENCARNAÇÃO os números 1 a 3 e 2 a 10, à freguesia de SANTA CATARINA dos números ímpares a partir do 5 e pares do 12 em diante.
Começa no número 1 da Rua da Atalaia e acaba no número 22 da Rua do Século.
Na Rua do Século abre-se à esquerda, a Travessa das Mercês, em cuja esquina existia a Ermida das Mercês.
Nessa Ermida foi baptizado, em 6 de Junho de 1699, Sebastião José de Carvalho e Melo, o célebre Marquês de Pombal, e aí estiveram os seus ossos, num túmulo completamente abandonado, durante perto de um século, até que os republicanos em 1923 fizeram a sua transladação para a Igreja da Memória, no Alto da Ajuda.
Sabemos que já no século XX, a Ermida das Mercês foi desmantelada, e no seu local foi erguido um belíssimo prédio onde está instalado no r/c um posto da polícia de Segurança Pública(PSP).
Do Palácio Perry de Linde temos conhecimento que a sua construção foi no século XVII, e a sua reconstrução no século XIX.
Na esquina para a rua Luz Soriano ficava nessa mesma Travessa o antigo cemitério das Mercês, onde foram sepultados Bocage (talentoso escritor e poeta, com direito a figurar no altar dos poetas portugueses) e Nicolau Tolentino. Aquando de umas obras que aí se fizeram em 1897, foram removidas todas as ossadas para os dois cemitérios da cidade.

2 comentários:

Vania Oliveira disse...

Poderia por favor compartilhar fotos novas da travessa das Mercês no prédio que viveu o Marquês de Pombal?!
Vamos para lá em abril mas as fotos do satélite são muitas antigas.
É o que podemos encontrar de bom neste lugar cheio de histórias.
Obrigada, Vania

APS disse...

Cara Vania Oliveira
Obrigado pelas simpáticas palavras a este Blogue.
A informação que lhe foi prestada não corresponde à realidade.
Efectivamente na "TRAVESSA DAS MERCÊS" existia uma ERMIDA (hoje demolida) que fazia esquina com a RUA DO SÉCULO (antiga RUA FORMOSA), onde foi baptizado "SEBASTIÃO JOSÉ DE CARVALHO E MELO. Mais tarde aparecem registos de que as suas ossadas se encontravam depositadas nessa Ermida, num túmulo descoberto um século depois.
O "PALÁCIO DOS CARVALHOS" na "Rua do Século foi efectivamente a casa onde nasceu e residiu bastantes anos. A confirmar esta afirmação, existe uma placa na fachada do Palácio a indicar: que o futuro MARQUÊS, nasceu em 13 de Maio de 1699.
A ERMIDA foi demolida e no espaço foi construído um prédio de rendimento. Se lhe disseram que era a residência do "MARQUÊS" em tempos passados, não corresponde à verdade. As fotos da "TRAVESSA das Mercês" podem ser adquiridas na Google "STREET VIEW" que são as mais actualizadas.
Despeço-me com amizade
APS